Guerrinha: "Mesmo com a cabeça no Tucumán, Grêmio é favorito contra o Paraná" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Guerra Total15/09/2018 | 07h00Atualizada em 15/09/2018 | 07h00

Guerrinha: "Mesmo com a cabeça no Tucumán, Grêmio é favorito contra o Paraná"

Partida contra o lanterna do Brasileirão é daquelas para o Tricolor somar os três pontos

Guerrinha: "Mesmo com a cabeça no Tucumán, Grêmio é favorito contra o Paraná" HEULER ANDREY/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO
No primeiro turno, Grêmio e Paraná ficaram no 0 a 0 Foto: HEULER ANDREY / DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO

É jogo para retomar as vitórias. Neste sábado (15), na Arena, o Grêmio, sem comemorar três pontos nos dois últimos jogos, enfrenta o Paraná, cada dia mais perto do rebaixamento, com as honras de favorito.

Apesar de estar com a cabeça no Tucumán, e de escalar reservas, o Tricolor entra em campo sem o direito de deixar a vitória escapar para tentar se aproximar dos primeiros na tabela e não virar só participante no Brasileirão

SEGUE O MISTÉRIO

Tudo indica que só na segunda-feira (17), um pouco antes da entrada em campo, vamos saber quem será o escolhido de Odair Hellmann para começar o jogo contra a Chapecoense.

Pelo andar da carruagem, a missão será entregue para Leandro Damião, que está melhor na parte física.

PIADA DO GUERRA

Em uma noite chuvosa, dois carros se chocam em uma estrada. Um pertencia a um advogado, o outro a um sujeito suspeito.

Ao sair de seu veículo, o sujeito suspeito, preocupado, se dirige ao carro do advogado e pergunta se ele está ferido, examina-o brevemente e constata não haver nada de grave. Só então os dois foram verificar o estado dos carros.

Chegam a conclusão de que não havia como escapar do acidente na situação em que tinha acontecido: a estrada estava molhada, escura e mal sinalizada.

Como, todavia, o advogado já tinha ligado para a policia rodoviária, resolveram esperar. Conversa vai, conversa vem, o advogado oferece uísque ao suspeito. Que aceita, bebe três goles longos e pergunta:

— E você, amigo, não vai beber?

O advogado responde:

— Só depois que a polícia chegar...

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros