Lelê Bortholacci: "Ficou mais difícil para o Inter o jogo contra o Cruzeiro" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Colorada01/09/2018 | 07h00Atualizada em 01/09/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Ficou mais difícil para o Inter o jogo contra o Cruzeiro"

Técnico Mano Menezes disse que utilizará o time titular no jogo de domingo, no Mineirão

Lelê Bortholacci: "Ficou mais difícil para o Inter o jogo contra o Cruzeiro" Ricardo Duarte / Inter, Divulgação/Inter, Divulgação
D'Alessandro deve ser opção para o técnico Odair Hellmann Foto: Ricardo Duarte / Inter, Divulgação / Inter, Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Ao contrário do que eu pensava, Mano Menezes declarou que não vai com time misto nem reserva contra o Inter, domingo, às 19h, no Mineirão. Todo o grupo, incluindo os que jogaram contra o Flamengo na quarta-feira, passará por avaliação física e só os que apresentarem real desgaste estarão fora do jogo. 

Leia mais
Inter encara gigantesco tabu de não vencer o Cruzeiro fora de casa há 31 anos
Situação de Rithely é motivo de discordância entre Sport e Inter
Recorde no Inter, titularidade, Alisson e camisa cinza: uma entrevista com Marcelo Lomba

Como o time mineiro só volta a campo pela Copa do Brasil em duas semanas, o treinador anunciou que usará o que tem de melhor. Ficou mais difícil. Por outro lado, teremos as voltas de Pottker ao time titular e Leandro Damião e D'Alessandro como opções, todos confirmados na delegação que vai para Belo Horizonte. 

Também me chamou a atenção que os argentinos do Huracán parecem ter ficado realmente incomodados por perderem o menino Martín Sarrafiore e agora vão até a FIFA reclamar um "assédio" do Inter ao jogador em "prazo proibido". Conheço toda essa negociação e sei que o clube fez tudo corretamente. 

O jogador é do Inter, está em plena fase de adaptação ao futebol brasileiro e muito em breve estará dando alegrias à nossa torcida. Tudo como manda a lei.

Radar ligado

Claro que o mais importante no final de semana é o nosso jogo contra o Cruzeiro, mas como brigamos pela liderança do Brasileirão também temos que manter o radar ligado em pelo menos outros dois jogos que ocorrem no domingo. 

Às 11h, o Flamengo recebe o Ceará no Maracanã, que deverá lotar. Mais tarde, às 16h, também em casa, o líder São Paulo encara o Fluminense, que não terá o goleador Pedro. Dois jogos, na teoria, bem mais fáceis que o nosso.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros