Lelê Bortholacci: "Foi uma vitória difícil, mas emblemática" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Colorada06/09/2018 | 07h00Atualizada em 06/09/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Foi uma vitória difícil, mas emblemática"

Com a derrota do São Paulo para o Atlético-MG, Inter assumiu a liderança do Brasileirão

Lelê Bortholacci: "Foi uma vitória difícil, mas emblemática" Ricardo Duarte/Inter
Com gols de Pottker e Dourado, Inter venceu o Flamengo por 2 a 1 Foto: Ricardo Duarte / Inter
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

O Inter começou avassalador e abriu o placar com um golaço de William Pottker, quando muita gente ainda nem tinha se acomodado em seu lugar no estádio. Seguiu assim por mais uns 15 minutos. Depois, acabou recuando e chamou o Flamengo pra cima. 

Leia mais
Cotação: veja as notas dos jogadores do Inter na vitória sobre o Flamengo
Em 2018, só seis jogadores conseguiram fazer gol no Inter no Beira-Rio
Após vitória contra o Flamengo, jogadores do Inter falam de liderança no Brasileirão e de Gre-Nal

O time carioca, ofensivo por natureza, chegou com perigo, por cima, em duas cabeçadas que obrigaram Marcelo Lomba a trabalhar pesado, mostrando porque não tomava gols a mais de 700 minutos. 

Na volta para o segundo tempo, confirmou-se algo que eu já havia notado: Odair Hellmann não substitui no intervalo. Zeca, que acertou muito pouco no primeiro tempo, voltou como titular. 

O Flamengo entrava como queria pelo lado direito da defesa e, por ali, Vitinho, completamente livre, empatou o jogo. Nem deu pros flamenguistas e secadores comemorarem e Rodrigo Dourado (disparado o melhor em campo) voltou a colocar o Inter na frente.

Imediatamente, Odair chamou Fabiano para substituir Zeca. Logo depois, D'Alessandro foi a campo. O time melhorou, criou chances e até poderia ter matado o jogo quando Edenilson ficou de frente para o gol e, ao invés de bater, tentou o drible. O Flamengo foi pra cima, criou chance clara, mas esbarrou no gigante Marcelo Lomba. 

Derrota do São Paulo

Foi uma vitória difícil, mas emblemática, porque, em Belo Horizonte, o Atlético-MG venceu o São Paulo e transformou o Colorado no novo líder do Brasileirão. E não perde a posição com os jogos desta quinta-feira (6). É O INTER!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros