Lelê Bortholacci: "Os problemas do Inter para o jogo contra o Corinthians" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada20/09/2018 | 07h00Atualizada em 20/09/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Os problemas do Inter para o jogo contra o Corinthians"

Lesões, dúvidas, quedas de rendimento, tudo isso torna a partida de domingo (23) ainda mais complicada

Lelê Bortholacci: "Os problemas do Inter para o jogo contra o Corinthians" Mateus Bruxel/Agencia RBS
No primeiro turno, Inter venceu o Corinthians no Beira-Rio por 2 a 1 Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Algumas dúvidas seguem ecoando na minha cabeça desde o fim do jogo contra a Chapecoense. Tudo bem que o nosso foco agora é o enfrentamento contra o Corinthians, no próximo domingo (23), no Itaquerão, mas as soluções destas dúvidas estão diretamente ligadas ao nosso futuro no Brasileirão

Leia mais
Com suspensão e lesões de titulares, um inédito Inter poderá enfrentar o Corinthians 
Pottker projeta recuperação contra o Corinthians: "A gente não costuma fazer dois jogos ruins"
Poder ofensivo: nos últimos 15 jogos, Inter só não marcou gol em duas partidas

A queda de rendimento de Patrick, por exemplo, não é exclusiva do jogo de segunda. O mesmo ocorre com Zeca, que desde a volta da lesão não conseguiu render seu melhor futebol. 

E a titularidade do comando do ataque? Mesmo que não tenha feito gols em Chapecó, Damião foi muito mais útil ao time do que Jonatan Alvez. E o que mais me preocupa: Nico López. Grande nome do time no último jogo (ao lado de Edenilson), saiu lesionado, e não sabemos qual a gravidade.

Como se já não bastasse a quantidade de problemas, na tarde de quarta-feira (19) foi confirmada lesão de Rodrigo Moledo, que fica fora por um mês. Sem Cuesta, expulso, iremos a campo com a zaga formada por Klaus e Emerson Santos, que até saiu mancando do treino, mas não deve ficar de fora da partida. E, para encerrar, Rodrigo Dourado, que treinava normalmente, também saiu mais cedo. SAI PRA LÁ, OLHO GORDO!

Missão difícil

Se o jogo de domingo já tinha cara de complicado pelo simples fato de ser contra o Corinthians, os desfalques vão tornando a missão ainda mais difícil. A derrota para a Chape deixou o Inter na obrigação de vencer, caso queira realmente seguir na disputa do título. Nem o empate serve. Sair para disputar seis pontos e voltar com um nos tira do topo da tabela. Chegou a hora do grupo mostrar sua força.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros