Lelê Borthollaci: "As mudanças necessárias no Inter" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada09/10/2018 | 07h00Atualizada em 09/10/2018 | 07h00

Lelê Borthollaci: "As mudanças necessárias no Inter"

Odair Hellmann precisa mexer no time para enfrentar o São Paulo

Lelê Borthollaci: "As mudanças necessárias no Inter" Isadora Neumann/Agencia RBS
Damião e Moledo: será que eles voltam? Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Os debates da segunda-feira pós-derrota para o Sport confirmaram o que eu escrevi logo depois do jogo. Ninguém consegue explicar a insistência de Odair Hellmann na titularidade de William Pottker, que chegou a incríveis cinco jogos sem dar um único chute a gol. Isso é inadmissível para um atacante.

Leia mais
Reapresentação do Inter tem presenças de Moledo e Damião em treino físico
Colunistas opinam: Inter e Grêmio seguem vivos na briga pelo título do Brasileirão?
O que torna o Inter igual aos demais candidatos ao título do Brasileirão 

Só relembrando: gosto muito do futebol deste jogador. É o vice-artilheiro do time na temporada. Mas, neste momento, não concordo com sua manutenção no time. Assim como não concordo que D’Alessandro tenha de ser opção para o segundo tempo, na ausência de

jogadores importantes do meio-campo. Em condições – que sejam 45 minutos –, D’Ale tem de ser titular. E depois de sair na frente contra Chapecoense e Sport, na casa eles, o Inter precisa mesmo se retrair pra “administrar” o resultado?

Estamos falando de escolhas equivocadas de Odair Hellmann, e ele tem todo o direito de errar. Primeiro porque é um treinador novo e, assim como os mais experientes, não vai acertar sempre. Segundo porque é exatamente o mesmo técnico que nos levou à liderança deste campeonato. E terceiro – e principal motivo –, porque eu tenho certeza de que ele vai achar as soluções.

Sequência favorável

Ainda restam 30 pontos em disputa. Mesmo conquistando só quatro pontos nos últimos 12, somos vice-líderes, apenas três atrás do Palmeiras. Uma vitória contra o São Paulo, no próximo domingo, e seguiremos na briga.

Até porque nossa sequência de jogos agora “se inverte”. Jogaremos no Beira-Rio três das próximas quatro rodadas. Nada está decidido.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros