Luciano Périco: "A dura vida de Renato para resolver os problemas do Grêmio" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera16/10/2018 | 07h00Atualizada em 16/10/2018 | 07h00

Luciano Périco: "A dura vida de Renato para resolver os problemas do Grêmio"

Lesões complicam a escalação tricolor para enfrentar o River Plate

Luciano Périco: "A dura vida de Renato para resolver os problemas do Grêmio" Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação

Não bastasse a preocupação com a recuperação de Everton, agora Luan pode ser desfalque do Grêmio no jogo contra o River Plate, no Monumental de Núñez. Encarar os argentinos sem a dupla será o pior dos mundos para Renato Portaluppi.

Leia mais
Everton tem recuperação rápida e chances de enfrentar o River Plate aumentam
Fascite plantar: entenda o problema que atormenta a vida de Luan no Grêmio
Confira a projeção de time do Grêmio para o jogo contra o River Plate

Vamos ser práticos. A vida do Tricolor na briga pelo Brasileiro está bem complicada após o empate com o Bahia e a derrota para o Palmeiras. Não há dúvidas de que a prioridade agora é focar na conquista do tetra da Libertadores, que já é muito difícil.

Faltando uma semana para o confronto contra os argentinos, o objetivo principal gremista é recuperar todos os lesionados. Vale lembrar que o departamento médico trabalha intensamente para liberar Ramiro, Léo Moura e Grohe. É corrida contra o tempo até terça-feira que vem.

ESCALADO – As peças se encaixaram. O bom desempenho contra o São Paulo mostrou que o Inter precisa ter D’Alessandro como titular na reta final do Brasileirão. Por linhas tortas, a infelicidade da lesão de Pottker acabou abrindo espaço para Damião no ataque, ao lado de Nico López. O time funcionou melhor. É hora de Odair Hellmann não mexer no que deu certo.

OLHO NA TABELA – A classificação do Brasileiro indica que Palmeiras, Inter e Flamengo se credenciaram como os candidatos mais fortes na luta pelo título. São Paulo e Grêmio ficaram para trás e vão lutar pelo quarto lugar, que vale vaga direta na Libertadores. Com uma campanha de recuperação, comandado por Cuca, o Santos surge como ameaça na reta final ao lado do Atlético-MG.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros