Luciano Périco: "Como será o amanhã de Grêmio e Inter?" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera18/10/2018 | 07h00Atualizada em 18/10/2018 | 07h00

Luciano Périco: "Como será o amanhã de Grêmio e Inter?"

Dupla Gre-Nal está muito viva na disputa pelos títulos da Libertadores e do Brasileirão

Luciano Périco: "Como será o amanhã de Grêmio e Inter?" Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Colorados e tricolores seguem embalados na reta final da temporada Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação

Por onde tenho andado, duas perguntas estão presentes nos papos com a galera. A primeira é se o Inter vai ser campeão brasileiro. A outra é sobre a possibilidade do Grêmio faturar a Libertadores. Confesso que a resposta, nos dois casos, é muito difícil. Como não tenho bola de cristal, vamos analisar os fatos.

Leia mais
Inter notifica Turner por quebra de contrato do Esporte Interativo
Contra o River, Romildo projeta placares para o Grêmio "sair vivo" da Argentina
Cruzeiro vence o Corinthians por 2 a 1 e conquista o hexa da Copa do Brasil

O Colorado está a três pontos do Palmeiras. Como o Verdão tem saldo melhor, o Inter vai precisar de duas rodadas com vitórias, contando com tropeços dos paulistas, para conseguir a liderança. São sete adversários iguais entre as equipes. Dificuldade parecida.

O Inter tem de parar de perder pontos contra adversários mais fracos. É inegável a qualidade de opções disponíveis para o grupo de Felipão. Mas é possível aos colorados sonhar com um final de ano incrível!

DE OLHO NO FUTURO – Projetando a vida do Grêmio na Libertadores, vejo uma grande paridade entre os quatro semifinalistas. River Plate e Boca Juniors são donos de camisas pesadas.

O Palmeiras tem muita farinha no saco. Serão quatro leões duelando nas arenas da América do Sul. Vamos combinar que qualquer resultado nos dois enfrentamentos não indicará se tratar de uma injustiça.

Como atual campeão, o Tricolor, recuperando a grande maioria dos lesionados, principalmente Luan e Everton, cresce na parada. Importante também é recuperar Michel para ser uma opção a mais a rechear o meio-campo. Cautela tem de ser a palavra de ordem no jogo no Monumental de Núñez. Sem ser retranca, é claro. O objetivo gremista é voltar vivo da Argentina para decidir tudo na Arena. Dá para acreditar na equipe de Renato Portaluppi!

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros