Luciano Périco: "Grêmio faz o jogo do ano em Porto Alegre até aqui" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Gigante da Galera30/10/2018 | 07h00Atualizada em 30/10/2018 | 07h00

Luciano Périco: "Grêmio faz o jogo do ano em Porto Alegre até aqui"

Confronto com o River Plate será de gigantes

Luciano Périco: "Grêmio faz o jogo do ano em Porto Alegre até aqui" Lucas Uebel/Gremio.net
Na ida, o Grêmio conseguiu uma grande vitória por 1 a 0 Foto: Lucas Uebel / Gremio.net

O encontro entre Grêmio e River Plate não é briga de cachorro grande. Será algo muito maior. A imagem é de dois leões duelando na Arena em busca da sonhava vaga na decisão da Libertadores.

Leia mais
Grêmio x River Plate: horário, como assistir e tudo sobre o jogo das semifinais da Libertadores
Everton não será titular contra o River Plate
"Nunca teve uma procura tão grande por ingressos", revela Romildo sobre Grêmio x River

Várias palavras servem para projetar o embate. Vamos a elas: mistério, superação, respeito, cautela, vantagem, tradição, equilíbrio, emoção, catimba, qualidade, raça, técnica... É tudo isso e mais um pouco.

O respeito dos hermanos ao atual campeão da América é enorme. Do outro lado, nenhuma fala que desmereça os argentinos. Os gremistas devem estar cientes de que os caras são coperos, têm muita qualidade e podem surpreender. Nada está decidido com o 1 a 0. Tudo o que o Grêmio não deve fazer é achar que a parada está decidida. Seria um erro fatal!

OS MISTÉRIOS – Renato Portaluppi guarda a sete chaves a escalação gremista. Luan está fora de combate e vai fazer muita falta. Sem o camisa 7, tem de manter Michel. Vai acontecer. Everton até pode jogar. Com o Cebolinha, deixaria Alisson no time e Jael como opção. A indicação é a manutenção da estrutura vitoriosa em Buenos Aires. Paulo Miranda deve assumir a vaga de Kannemann. Bressan não está no melhor momento.

Pela desvantagem, o River Plate terá a obrigação de tomar a iniciativa. O Grêmio terá espaços para escapar nos contra-ataques. Não poderá ficar só esperando atrás a pressão dos argentinos pelo resultado.

É importante povoar o meio-campo, como já fez no Monumental de Núñez. A vaga na final da Libertadores está muito próxima. Será uma guerra. Mesmo assim, jogo minhas fichas na classificação do Tricolor!

Assine GaúchaZH e fique por dentro de tudo o que acontece com a dupla Gre-Nal. Acesso ilimitado ao site!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros