Lelê Bortholacci: "As palavras de D'Alessandro" - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 

Paixão colorada29/11/2018 | 07h00Atualizada em 29/11/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "As palavras de D'Alessandro"

Penso que ele será fundamental para o Inter na Copa Libertadores da América do ano que vem

Lelê Bortholacci: "As palavras de D'Alessandro" Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Camisa 10 colorado deu entrevista coletiva na quarta-feira (28) Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Assisti a duas entrevistas de D'Alessandro na quarta-feira (28). Em uma delas, nosso camisa 10 deixou bem claro sua intenção de finalizar seu contrato com o Inter, jogando toda a temporada de 2019, o que é ótimo. Penso que ele é fundamental para o time na Copa Libertadores da América. Jogadores do porte dele sempre dão mais respeito ao clube fora do país, esteja dentro ou fora do campo. 

Leia mais
D'Alessandro explica declarações cautelosas no início do Brasileirão: "Falei o que eu pensava"
Em busca de recorde, Inter pode mudar na despedida de 2018 
Posição por posição, como o Inter vê o seu elenco para 2019

D'Ale também falou sobre os jogos que ficou na reserva em 2018 e que aceitou bem a perda da titularidade, enquanto se recuperava de uma lesão e não tinha porque voltar ao time naquele momento, devido à sequência de boas atuações sem ele. Os criadores de boatos devem ter dado aquele sorriso amarelo. 

O argentino também externou seu sentimento de vergonha pelos acontecimentos de sábado (24), em Buenos Aires, que impediram a realização da final entre River Plate e Boca Juniors. Ele resumiu bem a situação, ao dizer que ela é muito mais consequência da realidade política e econômica do país vizinho e nada tem a ver com o futebol. Concordo 100% com ele!

O jogo das oportunidades?

Odair Hellmann já disse que quer a vitória para chegar aos 71 pontos e fazer a maior campanha do Inter na história dos pontos corridos. O adversário é o time mais frágil do campeonato. Mesmo que perca o jogo, o terceiro lugar na tabela está garantido. 

Todos os motivos citados dão ao nosso treinador liberdade para dar oportunidades a jogadores que não vêm atuando com frequência e, até mesmo, para jovens do time de aspirantes. Será?

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros