Lelê Bortholacci: "Foi uma vitória tranquila e justa" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada16/11/2018 | 07h00Atualizada em 16/11/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Foi uma vitória tranquila e justa"

Importante destacar a atuação de Wellington Silva, que substituiu D'Alessandro e foi peça fundamental na ótima atuação colorada no primeiro tempo

Lelê Bortholacci: "Foi uma vitória tranquila e justa" Jefferson Botega/Agencia RBS
Wellington Silva (foto) foi um dos destaques da vitória colorada no Beira-Rio Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Foi uma vitória tranquila e justa. Já sabendo de todos os resultados da rodada, o Internacional entrou em campo consciente do que precisava. Com a vitória do Flamengo e o empate entre Grêmio e São Paulo, o time de Odair Hellmann sabia que a vitória sobre um candidato ao rebaixamento aconteceria ao natural, se tudo ocorresse normalmente. E foi bem assim. 

Leia mais
Jogadores do Inter acreditam no título do Brasileirão: "O sonho está vivo ainda"
Odair se mostra otimista com renovação e não joga a toalha: "Inter vai se entregar até o fim"
Pênalti em Edenilson e lance no braço de Cuesta: as polêmicas em Inter x América-MG

Mesmo não criando grandes chances no início, em momento algum o Inter se incomodou e foi minando o adversário até achar uma brecha e abrir o placar com ele, Leandro Damião, o camisa 9, o centroavante. Pintou a chance, ele guarda. Não tem erro. Até mesmo por isso, é o décimo maior goleador da história do clube. Além de marcar, ainda deu a assistência para Edenilson fazer o segundo gol, o da tranquilidade, antes do fim do primeiro tempo.

Importante destacar, também, a atuação de Wellington Silva, que substituiu D'Alessandro e foi peça fundamental na ótima atuação colorada no primeiro tempo, para alegria deste colunista, que pediu sua escalação

Luta até o fim

Na segunda etapa, foi só administrar a vantagem, até porque o América-MG praticamente não ameaçou a meta de Marcelo Lomba. A vitória consolida a vice-liderança e mostra que o Inter vai lutar até o último instante pelo título do Campeonato Brasileiro. Por mais que a vantagem do Palmeiras, que está cinco pontos à nossa frente, seja considerável, ela não é definitiva. E outra: é muito importante terminar o campeonato jogando em alta rotação pra entrar com tudo no 2019.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros