Lelê Bortholacci: "Inter faz campanha de campeão" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada17/11/2018 | 07h00Atualizada em 17/11/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Inter faz campanha de campeão"

Time de Odair Hellmann só não vai levantar a taça porque o Palmeiras justifica o maior investimento feito no país e faz uma campanha ainda melhor

Lelê Bortholacci: "Inter faz campanha de campeão" Jefferson Botega/Agencia RBS
Que venha 2019 e que o Inter saiba qualificar ainda mais o plantel Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Fazia tempo que a torcida colorada não tinha um fim de ano tranquilo como esse. Faltando apenas quatro jogos para o encerramento da temporada e já classificado para a Libertadores de 2019, as coisas só podem melhorar se o Palmeiras deixar escapar o título do Brasileirão. Mas, convenhamos, isso é praticamente impossível. 

Leia mais
Insubstituível do Beira-Rio: os números de Dourado e dicas de reposição ao Inter
Damião recupera fase artilheira e se valoriza no final do contrato com o Inter
Distância para o líder Palmeiras não tira esperança de Edenilson: "Tem que secar" 

Com os 65 pontos que temos — e 12 por disputar —, mantendo a atual média, confirmaremos a segunda colocação. Será um grande prêmio para um ano que começou cheio de incertezas para uma torcida que sofreu muito de 2015 para cá.

Com tudo que foi feito na "gestão" 2015/16, já havia me preparado para um longo período de reestruturação, algo que poderia demorar alguns anos. Mas não. Recém de volta ao convívio dos grandes, o Inter faz campanha de campeão e só não vai levantar a taça porque o Palmeiras justifica o maior investimento feito no país e faz uma campanha ainda melhor, totalmente acima dos padrões históricos do campeonato de pontos corridos. 

Sim, perdemos pontos "bobos". Mas isso é parte do processo de reconstrução de um clube que foi semidestruído interna e externamente há menos de dois anos. Que venha 2019 e que o Inter saiba qualificar ainda mais o plantel e planeje com cuidado o ano que marca, definitivamente, a volta do clube ao seu lugar de direito.

Jogo difícil

Domingo, já tem jogo de novo. Vamos ao Rio enfrentar o embalado Botafogo, que vem de três vitórias em três jogos e quer carimbar sua permanência na Série A. Fabiano, suspenso, dará lugar a Zeca, e D'Ale deve voltar ao meio-campo. Jogo difícil, mas que temos condições de vencer.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros