Lelê Bortholacci: "Não sou da opinião de que o Inter 'deixou escapar' o troféu" - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada27/11/2018 | 07h00Atualizada em 27/11/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Não sou da opinião de que o Inter 'deixou escapar' o troféu"

Palmeiras ganhou no campo, fazendo uma campanha irretocável neste Brasileirão

Lelê Bortholacci: "Não sou da opinião de que o Inter 'deixou escapar' o troféu" Mateus Bruxel/Agencia RBS
Se existe alguma correção que o Inter vai ter de fazer para a nova temporada é a mudança de postura fora de casa Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

O título não veio, mas a terceira colocação no Brasileirão está confirmada e, com ela, algumas lições. Não sou da opinião de que o Inter "deixou escapar" o troféu. O Palmeiras ganhou no campo, fazendo uma campanha irretocável. Mesmo se tivéssemos vencido América-MG, Sport e Chapecoense, por exemplo, teríamos de ter feito 15 gols a mais, o que, convenhamos, não teria ocorrido. 

Leia mais
Edenilson diz que Inter perdeu o Brasileirão nos jogos fora de casa
Inter e procurador de Damião conversam pela primeira vez sobre renovação de contrato
Odair, Edenilson e dirigentes do Inter serão julgados nesta terça no STJD

Quando falo em "lições", são justamente essas derrotas que podem nos levar à glória em 2019. Porque elas não poderão se repetir. Assim como aquela contra o Vitória, na Copa do Brasil. Se existe alguma correção que o Inter vai ter de fazer para a nova temporada é a mudança de postura fora de casa. E o time já mostrou que é capaz. 

Vencer fora do Beira-Rio será essencial se quisermos ter chances reais de conquistar um dos três grandes títulos que disputaremos no ano que vem: Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil. Tenho convicção de que estamos no caminho certo. Erramos, sim. Mas estamos aprendendo. Para ser campeão, temos de criar cicatrizes pelo caminho.

Exemplo de civilidade

O presidente do Inter, Marcelo Medeiros, revelou que, a pedido do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, será o representante da dupla Gre-Nal na reunião dos clubes brasileiros que vão disputar a Libertadores em 2019, na CBF. Medeiros também ressaltou que existe uma amizade entre eles de mais de 40 anos, o que só traz benefícios para a relação entre os dois clubes. São os mandatários das duas maiores equipes gaúchas dando exemplo de civilidade para todo o mundo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros