Luciano Périco: "A dança das cadeiras dos técnicos é a marca do Brasileirão" - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Gigante da Galera14/11/2018 | 07h00Atualizada em 14/11/2018 | 07h00

Luciano Périco: "A dança das cadeiras dos técnicos é a marca do Brasileirão"

Das 20 equipes da Série A do Brasileirão, apenas Inter, Grêmio e Cruzeiro não trocaram de treinador

Luciano Périco: "A dança das cadeiras dos técnicos é a marca do Brasileirão" São Paulo Futebol Clube / Divulgação/Divulgação
Demissão mais recente foi a de Diego Aguirre, que estava no São Paulo Foto: São Paulo Futebol Clube / Divulgação / Divulgação

Demitir o comandante do vestiário é a atitude mais óbvia dos dirigentes de futebol no Brasil. Quando o time tem maus resultados, a cabeça cortada é sempre a do treinador. Das 20 equipes da Série A do Brasileirão, apenas Inter, Grêmio e Cruzeiro não trocaram de técnico. A dança das cadeiras é a marca da longa competição. 

Mano Menezes é o recordista atual em permanência. Está na Raposa desde julho de 2016. Conquistou duas Copas do Brasil. A marca histórica de Muricy Ramalho, na era dos pontos corridos, é de quase três anos e meio no São Paulo. Amparado pelos títulos importantes e com total respaldo do torcedor, Renato Portaluppi tem o emprego dos sonhos. Odair Hellmann colocou o Inter na Libertadores e vai completar a temporada, com chance de renovar para 2019, coisa rara no Colorado nos últimos anos. 

#SEQUEOLÍDER 

O título do Brasileirão está complicado para o Inter. Vencer o América-MG vale muito para ficar mais perto da vaga da Libertadores via G-4. Só que a esperança na taça é a última que morre. Noite dos colorados ficarem atentos a Palmeiras e Fluminense. É o mais complicado dos jogos restantes. Depois, o Verdão tem Paraná, América-MG, Vasco e Vitória. Em tese, barbadinhas! 

FUGINDO DO INFERNO

A briga do Z-4 vai pegar fogo na finaleira do Brasileirão. Ceará, Vasco, Sport, Chapecoense, Vitória e América-MG lutam para fugir das três vagas. Será briga de foice no escuro. Na noite desta quarta-feira (14) tem confronto direto entre Sport e Vitória. 

Um empate é ruim para os dois. A Chape pega o Botafogo em casa. Pode respirar. O América-MG terá uma tabela dura pela frente. E o Vasco que se cuide!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros