Guerrinha: "Inter precisa de jogadores mais do que comuns" - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Guerra total15/12/2018 | 07h00Atualizada em 15/12/2018 | 07h00

Guerrinha: "Inter precisa de jogadores mais do que comuns"

Não custa lembrar que Neílton, tão badalado nos últimos dias, acabou o ano na reserva do Vitória

Guerrinha: "Inter precisa de jogadores mais do que comuns" Mauricia da Matta/Vitória/Divulgação
Atacante só fez bom papel na Copa do Nordeste e na fase mais amena da Copa do Brasil Foto: Mauricia da Matta / Vitória/Divulgação

É bom abrir o olho. Verdade que o Inter precisa reforçar seu grupo, mas não custa lembrar que Neílton, tão badalado nestes últimos dias, acabou o ano na reserva do Vitória e só fez bom papel na Copa do Nordeste e na fase mais amena da Copa do Brasil.

Mesmo que esteja de olho no mercado, a direção vermelha precisa focar em jogadores mais do que comuns, que chegam em condições de brigar por lugar entre os titulares, e não apenas para fazer parte de coletivos e na casamata.

REMONTAGEM

Trabalho e competência. Com a saída de Ramiro, somada ao adeus de Arthur, o Grêmio perde dois jogadores do seu meio-campo, que estavam acostumados com a forma de jogar e foram importantes para o bom desempenho em 2018.

Agora, mesmo que os meninos estejam pedindo passagem, tudo indica que Renato vai ter de mudar o jeito de o Tricolor enfrentar os adversários, sem o mesmo toque de bola que tanto encantou.

A PIADA DO GUERRA...

No tribunal, o juiz entrevistava o casal que buscava o divórcio.

— Por que o senhor quer a separação?

— Meritíssimo, minha mulher é preguiçosa e péssima dona de casa! E, além do mais, estou farto de chegar em casa e ver a nossa cama cheia de parasitas!

— Isso não me parece ser motivo suficiente para o divórcio — emenda o juiz.

Sem perder tempo, resolve questionar a mulher.

— E a senhora? O que tem dizer?

— Senhor juiz, o meu marido é um ordinário! O senhor ouviu como ele chamou os meus amigos?

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros