Cacalo: Grêmio começa busca por tetra inédito da Libertadores - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor06/03/2019 | 07h00Atualizada em 06/03/2019 | 07h00

Cacalo: Grêmio começa busca por tetra inédito da Libertadores

Tricolor quer se tornar o maior campeão da América entre os brasileiros

Cacalo: Grêmio começa busca por tetra inédito da Libertadores Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
Renato tem na cabeça a escalação do Grêmio que enfrenta o Rosario Central fora de casa Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

O Grêmio inicia na noite desta quarta-feira (6) mais uma Libertadores, desta vez tentando obter o tetracampeonato, inédito no futebol brasileiro. O Rosario Central vai ser uma parada muito difícil, mas creio que a equipe tricolor esteja bem preparada.

Leia mais
Rosario Central x Grêmio: horário, como assistir e tudo sobre o primeiro jogo da fase de grupos da Libertadores
Geromel aponta continuidade do trabalho como diferencial do Grêmio
Libertad goleia a Universidad Católica e larga em vantagem no grupo do Grêmio

Já escrevi antes sobre a ausência, que será muito sentida, de Michel, substituído por Rômulo ou, quem sabe, Matheus Henrique. Mas me despertou outra dúvida, embora até poucos dias atrás não a tivesse. Ocorre que, raciocinando sobre este jogo de estreia, sobre a história do adversário, sobre o local da partida e a expectativa de pressão, como sempre acontece em Libertadores, surgiu-me esse questionamento pessoal e particular: Montoya ou Marinho?

Sempre acreditei que, por uma série de razões, Marinho seria o escolhido para começar como titular, especialmente pelo seu retrospecto recente. Mas as circunstâncias que relacionei um pouco antes me levaram a criar essa dúvida. Além disso, penso que Montoya é tipicamente meio-campista, alguém que pode chegar ao ataque, enquanto Marinho é um atacante que, além de fazer gols, pode ajudar no meio-campo.

Renato sabe o que faz

Há de se considerar também quem será o companheiro de Maicon no meio, situação que pode definir o ocupante do lado direito do time. Se Renato optar por Rômulo, penso que jogará Marinho à frente. Se for Matheus Henrique, creio na presença de Montoya. Mas, como tenho rotineiramente afirmado, nosso técnico Renato sabe muito bem o que faz.

Assine GaúchaZH e fique por dentro de tudo o que acontece com a dupla Gre-Nal. Acesso ilimitado ao site!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros