Guerrinha: foram dois pontos perdidos pelo Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Guerra Total04/04/2019 | 07h00Atualizada em 04/04/2019 | 07h00

Guerrinha: foram dois pontos perdidos pelo Inter

Time de Odair Hellmann precisa corrigir a falta de ousadia, pois sem ela a chance de botar a mão no caneco da Libertadores é nenhuma

Guerrinha: foram dois pontos perdidos pelo Inter André Ávila/Agencia RBS
Colorado ainda é muito líder, mas precisa mais para buscar o título Foto: André Ávila / Agencia RBS

Foram dois pontos perdidos. Todos sabemos que o River Plate é o atual campeão, que tem um bom time, mas o Inter abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com Nico López e Edenilson, e foi todo para trás. Assim, passou a fazer faltas perto do seu gol e cedeu o empate aos argentinos, que marcaram com Pratto e De La Cruz.

Agora, com sete pontos em nove disputados, ainda muito líder do Grupo A, precisa corrigir a falta de ousadia, pois sem ela a chance de botar a mão no caneco da Libertadores é nenhuma.

PROIBIÇÃO

Só não pode perder. Logo mais, no Chile, o Grêmio, atrasado na tabela, enfrenta a motivada Universidad Católica. É um jogo que não parece, mas pode decidir a vida tricolor na sonhada Libertadores.

Claro que a grande ambição é mostrar o futebol vistoso de quase sempre, buscar os três pontos, avançar na classificação, mas a tarefa indispensável é evitar o pior. Em caso de derrota, a turma do técnico Renato Portaluppi ficará respirando por aparelhos no torneio continental.

CALDEIRÃO

Poucos vão escapar. Quem viu a goleada sobre o Boca Juniors, certamente descobriu que não é fácil sair vivo da Arena da Baixada, a casa do Athletico-PR. No seu chão, o Furacão aumenta o volume, toma conta do jogo e raramente deixa de vencer.

TRANQUILIDADE

Tudo na mesma. Verdade que não foi boa, mas a derrota para o San Lorenzo não muda a vida do Palmeiras na Libertadores. O Verdão vai avançar, com certeza, mas está longe de ser bicho-papão.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros