Luciano Périco: deu tudo certo para o Grêmio na noite de Libertadores - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Gigante da Galera11/04/2019 | 07h00Atualizada em 11/04/2019 | 07h00

Luciano Périco: deu tudo certo para o Grêmio na noite de Libertadores

Faltando duas rodadas, a equipe tricolor ainda sonha com uma vaga nas oitavas de final

Luciano Périco: deu tudo certo para o Grêmio na noite de Libertadores Fernando Gomes/Agencia RBS
Jean Pyerre fez o primeiro gol na vitória por 3 a 1 sobre o Rosario Central Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

A noite de Libertadores saiu melhor do que a encomenda para o Grêmio. Deu tudo certo. Faltando duas rodadas, a equipe tricolor ainda sonha com uma vaga nas oitavas de final. Se vencer no Paraguai, pode decidir tudo na Arena na última rodada, contra a Universidad Católica

Com outra atitude, o time de Renato Portaluppi conseguiu fazer o dever de casa e bateu o Rosario Central por 3 a 1. Além disso, contou com a ajuda do Libertad, que fez o serviço contra os chilenos em Santiago. 

Matheus Henrique e Jean Pyerre não saem mais do time titular. Tardelli foi a novidade. Enquanto teve fôlego, deu boa resposta. Quem cresceu de desempenho foi o capitão Maicon. Everton também jogou muito. Com dois gols, Leonardo Gomes foi outro destaque. Agora, tudo é Gre-Nal.

Inter no Gre-Nal

Garantido nas oitavas de final da Libertadores com duas rodadas de antecipação, o Inter está tranquilo para se preparar para os Gre-Nais finais do Gauchão. Por causa da competição sul-americana, a turbulência está toda na Arena. 

A principal preocupação colorada é a recuperação do volante e capitão Rodrigo Dourado. A lesão do joelho pode ser o cartão vermelho no clássico. Se ele não puder atuar, as opções para o técnico Odair Hellmann são Rithely ou Lindoso. Perde a equipe em poder de marcação e bola aérea. Guerrero é o grande acréscimo na frente. Matador de carteirinha, em um casamento perfeito com Nico López, será preocupação gigante para Geromel e Kannemann.

Fica a dúvida se D'Alessandro terá condições físicas ideais para jogar o clássico. O Colorado tem começado em alta intensidade, mas depois sente o tranco. Precisa trabalhar este detalhe.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros