Luciano Périco: sem dúvida, Gre-Nal é a maior rivalidade do futebol brasileiro - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Gigante da Galera13/04/2019 | 07h00Atualizada em 13/04/2019 | 07h00

Luciano Périco: sem dúvida, Gre-Nal é a maior rivalidade do futebol brasileiro

Rio Grande do Sul vai parar no domingo para acompanhar o clássico

Luciano Périco: sem dúvida, Gre-Nal é a maior rivalidade do futebol brasileiro Anderson Fetter/Agencia RBS
Tanto Inter quando Grêmio chegam embalados ao clássico depois de vitórias pela Libertadores Foto: Anderson Fetter / Agencia RBS

O Rio Grande do Sul vai parar no domingo (14), às 16h. Nada é maior do que o clássico Gre-Nal. O Beira-Rio estará lotado, e quem não estiver lá ficará de olho na RBS TV. Sem dúvida, é a maior rivalidade do futebol brasileiro.

Leia mais
Mano a Mano: quem leva a melhor  no Gre-Nal 419?
Odair elogia Everton: "Ele cria dificuldade para todos os laterais"
Pedro Geromel projeta duelo com Guerrero no Gre-Nal: "Ele tem muita qualidade"

As vitórias na Libertadores deixaram os dois times embalados para a decisão do Gauchão. O Grêmio parece ter superado a turbulência pelos maus resultados na competição continental. Renato Portaluppi mexeu na equipe, com Matheus Henrique e Jean Pyerre, e os resultados vieram. Tardelli também é um acréscimo. Aos poucos, André dá mostras de que está melhorando.

Pelo lado do Inter, Odair Hellmann ganhou um reforço poderoso no ataque. Guerrero fez toda a diferença nos dois jogos em que atuou. A parceria com Nico López promete dar muita alegria ao torcedor colorado. 

GRANDE GRE-NAL

Não gosto quando se fala em favoritismo. Prefiro analisar o momento. A diferença pró-Inter é mínima. Apenas um palpite pelos fatos recentes, já que Gre-Nal nunca é previsível. Tudo indica que não teremos mistérios para o clássico 419.

A presença de Rodrigo Dourado pode ser a única dúvida pelo lado vermelho. Somente um problema físico tira o capitão da decisão. Se ele não puder atuar, diminui o poderio de marcação da equipe da casa. D'Alessandro deve ir para o jogo. Não há motivos para Odair Hellmann mudar o time. 

No caso de Renato Portaluppi, os jogos contra São Luiz e Rosario Central escalaram a equipe para o Gre-Nal. Talvez a presença de Tardelli seja o ponto a ser confirmado. Ele sentiu o ritmo do jogo da quarta-feira, pela Libertadores. Por isso, não dá para descartar a presença de Alisson pelo lado direito do ataque tricolor.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros