Mesmo com reservas, o Gre-Nal será repleto de atrativos - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Imprevisível20/07/2019 | 08h00Atualizada em 20/07/2019 | 08h00

Mesmo com reservas, o Gre-Nal será repleto de atrativos

Clássico que ocorrerá às 19h de sábado promete mexer com a vida dos gaúchos

Mesmo com reservas, o Gre-Nal será repleto de atrativos Marco Favero/Agencia RBS
Pepê e Lindoso podem aparecer no clássico deste sábado Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Tudo pode acontecer. Neste sábado, no Beira-Rio, acontece mais um Gre-Nal, o clássico mais importante da vida dos gaúchos, que promete ter em campo muitos reservas, mas nem por isso deixa de ser um belo atrativo.

Leia mais
Com tendência de time misto, Inter fecha treino e faz mistério para o Gre-Nal
Grêmio encerra preparação para o Gre-Nal 421 com treino fechado
Como foram os dois Gre-Nais da Copa do Brasil de 1992

Pela importância do clássico, que mexe com a vida de torcedores azuis e vermelhos, o estádio deve receber um público numeroso, até porque vale três pontos e flauta do ganhador. Ninguém, dos dois lados, cogita ver o adversário comemorar.

É fácil de explicar. A decisão dos dois envolvidos, em preservar a grande maioria dos titulares, só vai acontecer por um motivo bem simples: os compromissos do meio de semana, válidos pela Libertadores, que passam a ser prioridade dos clubes. 

Atrasados no Brasileirão, Inter e Grêmio, seja por decisão dos dirigentes, das comissões técnicas, fazem muito bem em focar no que vem pela frente. As copas que estão longe de serem fáceis, mas estão bem mais acessíveis do que derrubar Palmeiras e Flamengo na disputa por pontos corridos. 

A piada do Guerra...
O Gabriel chega ao restaurante, escolhe uma mesa, pede o jantar e quando se preparava para acabar com o apetite, notou anormalidade na feijoada. Chamou o garçom e mandou bala.
— Amigo, tem um cabelo na minha feijoada.
— Ah, me desculpe, mas tenho certeza que é do saco do feijão — avisou  o garçom.
— Tudo bem, então.
Passado um tempo, Gabriel voltou ao restaurante, o fato se repetiu e ele apelou para o atendente.
— Amigo, tem outro cabelo na minha feijoada!
— Tenho certeza que é do saco do feijão, de novo!
Minutos depois, Gabriel, já sem paciência, chamou o garçom.
— Meu amigo, tem um monte de cabelo na minha feijoada! — reclamou.
— Tudo bem, senhor, vou trocar seu prato! Mas tenho certeza que é do saco do feijão.
— Ótimo, melhor assim.
— Ei Feijão, vem aqui trocar o prato do cavalheiro.

Ainda não tem o app Colorado ou Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter ou o Grêmio na palma da sua mão!  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros