Lelê Bortholacci: a noite promete ser tensa - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Colorada21/08/2019 | 08h00Atualizada em 21/08/2019 | 08h00

Lelê Bortholacci: a noite promete ser tensa

 Flamengo x Inter é uma daquelas partidas em que tudo pode acontecer

Lelê Bortholacci: a noite promete ser tensa André Ávila/Agencia RBS
Edenilson viajou. Será que ele joga? Foto: André Ávila / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Começa a disputa por uma vaga nas semifinais do torneio mais importante do continente. Com mistério na escalação, o Inter vai ao Rio de Janeiro encarar o clube de futebol mais popular do país, no estádio mais popular do país — que estará completamente lotado. É uma daquelas partidas em que tudo pode acontecer.

Leia mais
Com Edenilson no grupo e mistério na escalação, Inter desembarca no Rio para enfrentar o Flamengo 
Inter conseguiu vencer o Flamengo apenas seis vezes no Maracanã 
Vilão em 2000, ex-volante do Inter inicia carreira de técnico

Se o Flamengo tem no ataque sua grande força, a zaga colorada vive um de seus melhores momentos. Se a qualidade do meio-campo carioca é muito grande, a nossa não fica devendo nada. O Maracanã lotado é trunfo para os donos da casa. As recentes vitórias contra Nacional, em Montevidéu, e Cruzeiro, no Mineirão, mostraram que o Inter já aprendeu a ter sucesso longe do Beira-Rio. 

Depois de muitas tentativas, o Mengão conseguiu passar das oitavas na Libertadores. O Colorado está invicto na competição. São muitos fatores que tornam este jogo imprevisível. Qualquer detalhe pode fazer a diferença e dar a vantagem pra qualquer um dos dois. 

É Maracanã. É Flamengo. É Inter. É Libertadores!

Edenilson viajou ao Rio, mesmo sem a confirmação de sua escalação. Tanto pode ser uma jogada da comissão técnica, como uma possibilidade real. Como estamos falando de uma lesão no músculo adutor, tenho certeza que se ele não estiver 100%, não entra em campo. Uma atitude precipitada, neste caso, pode fazer com que o jogador fique muito mais tempo parado. Duvido que se corra este risco. 

Do outro lado, a ausência de Gabigol é, coincidentemente, resultado de uma lesão mal curada. A noite promete ser tensa. O jogo, imprevisível. É Maracanã. É Flamengo. É Inter. É Libertadores!

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros