Lelê Bortholacci: Guerrero retribuiu tudo o que recebeu do Inter no seu pior momento - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada24/08/2019 | 08h00Atualizada em 24/08/2019 | 08h00

Lelê Bortholacci: Guerrero retribuiu tudo o que recebeu do Inter no seu pior momento

Jogador peruano pediu para não ser convocado por Ricardo Gareca

Lelê Bortholacci: Guerrero retribuiu tudo o que recebeu do Inter no seu pior momento Juan MABROMATA/AFP
Centroavante Paolo Guerreiro está liberado para encarar o Cruzeiro pela volta das semifinais da Copa do Brasil Foto: Juan MABROMATA / AFP
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A notícia da não convocação de Paolo Guerrero para os amistosos da seleção peruana é maravilhosa para o Inter. Ficar sem ele no jogo da volta com o Cruzeiro — e numa eventual primeira partida da final de Copa do Brasil — seria uma grande e injusta perda. 

Foi ele quem pediu a dispensa ao treinador. Abriu mão de vestir a camisa da seleção de seu país, pois quer retribuir tudo o que recebeu do Internacional no pior momento de sua carreira. Além de ter o clube e a torcida ao seu lado num momento tão difícil, o peruano encontrou no Beira-Rio o lugar ideal para voltar a jogar futebol e reencontrar o que mais sabe fazer: gols. 

Leia mais
Goiás x Inter: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 16ª rodada do Brasileirão
Garantido na reta final da Copa do Brasil, Guerrero eleva aproveitamento e média de gols do Inter em 2019
O motivo que fez Ricardo Gareca não convocar Paolo Guerrero

Pelas redes sociais, a própria torcida peruana pediu que ele fosse liberado para jogar pelo Inter. E o final foi feliz. Paolo Guerrero estará em campo contra o Cruzeiro no jogo que pode nos levar a uma final de campeonato nacional.

Que bom seria se essa fosse a última vez que a CBF desvalorizasse seus próprios campeonatos ao marcar uma partida decisiva exatamente numa data Fifa. Mas isso, por enquanto, é utopia. O bagunçado calendário brasileiro vai continuar trazendo problemas aos clubes que trouxerem jogadores estrangeiros que defendem as seleções de seus países. E, sinceramente, não vejo isso mudando a curto prazo.

Essa torcida...

Eu até ia tentar me desligar do jogo contra o Flamengo para falar um pouco de Inter x Goiás, mas ao passar pelo Beira-Rio na sexta-feira (23) pela manhã e ver as longas filas de colorados comprando ingressos, meu sentimento de otimismo explodiu de vez. Vamos Inter! Vamos virar!

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros