Cacalo: força total em Caxias do Sul - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor09/10/2019 | 10h00Atualizada em 09/10/2019 | 10h00

Cacalo: força total em Caxias do Sul

Grêmio encara o Ceará no Centenário

Cacalo: força total em Caxias do Sul Jefferson Botega/Agencia RBS
Grêmio, de Renato, tenta a vitória contra o Ceará nesta quarta-feira Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

O Grêmio teve de se ausentar da Arena devido ao show do Iron Maiden para jogar contra o Ceará, nesta quarta-feira (9) à noite, em Caxias do Sul. A boa notícia é que o técnico Renato vai para a partida com força máxima do que tem à disposição. Isso, claro, dentro das possibilidades, uma vez que há lesões e convocações para as seleções brasileira e argentina. 

Leia mais
Chegada a Caxias e Geromel relacionado: as notícias mais importantes do Grêmio nesta terça-feira
Sócios do Grêmio podem comprar ingressos para jogo contra o Ceará tanto na Arena quanto no Centenário
Grêmio sem Everton tem aproveitamento de 61,5% em 2019

Repito, já há algum tempo, que as convocações sempre são mais benéficas para os atletas do que para os clubes — salvo em raras exceções, de eventual valorização de jogadores. Mas, durante uma competição, são sempre os clubes, que pagam e investem em seus atletas, os prejudicados.

Isso, porém, é da responsabilidade do desorganizado futebol brasileiro. Onde já se viu, para jogar contra duas seleções africanas, em jogos que nada valem, o Grêmio ter dois jogadores convocados, ainda para ficarem na reserva? Acresça-se a isso Kannemann. De qualquer sorte, vamos a Caxias em busca dos três pontos muito importantes, pois espera-se que os reservas possam dar conta do recado.

Provavelmente, teremos Pepê iniciando a partida. Poderemos ter Tardelli de volta ao comando do ataque, além de Luan chegando perto de sua forma física. O setor que, aparentemente, pode estar mais desfalcado é o meio-campo, com a ausência de Matheus Henrique e talvez de Maicon, sem contarmos ainda com Jean Pyerre.

Capitão América

No entanto, apesar das adversidades, penso que é possível vencer o adversário, que está lutando numa zona difícil da tabela. De minha parte, quero saudar a presença no Estado do Capitão América Adilson Batista, técnico do Ceará, glorioso bicampeão da Libertadores e um dos melhores zagueiros que vi jogar.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros