Lelê Bortholacci: Tinga é um exemplo de caráter e postura - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Colorada26/03/2020 | 10h00Atualizada em 26/03/2020 | 10h00

Lelê Bortholacci: Tinga é um exemplo de caráter e postura

Ex-jogador foi vítima do "tribunal" da internet nesta quarta-feira

Lelê Bortholacci: Tinga é um exemplo de caráter e postura Fernando Gomes/Agencia RBS
Tinga teve reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e falha na comunicação gerou discussão nas redes Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Lamentável a injustiça feita com Tinga nesta quarta-feira (25). Nós aqui da aldeia, que conhecemos Paulo César Tinga, ex-Grêmio e Inter, e sua conduta exemplar como ídolo do esporte e cidadão, ficamos surpresos que seu nome estivesse envolvido numa suposta reunião onde foi elaborado o lamentável discurso feito pelo presidente Bolsonaro, na terça-feira (24) à noite, quando ele contrariou todas as orientações de isolamento social feitas pelas maiores autoridades médicas do mundo. 

Leia mais
Inter refaz orçamento para 2020 e adota cinco medidas para combater crise financeira
Invicto e com bons números: o desempenho de Moledo em 2020 pelo Inter

O que ocorreu foi que, no mesmo dia, Tinga teve reunião com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, para falar de assuntos diversos e, no final, foi convidado a conhecer o presidente. Na agenda oficial - que a imprensa teve acesso - constava o nome do ex-jogador como um dos presentes na tal reunião. Não foi nada disso. Mas é claro que o tribunal da internet nem quis saber, e começaram os ataques à Tinga nas redes sociais, obrigando-o a emitir uma nota oficial e dar entrevistas sobre o assunto. Uma pena. Uma injustiça gigantesca.

Já tive a oportunidade de conversar várias vezes com Tinga. Um exemplo ímpar de caráter e de postura, sempre preocupado em poder ajudar as pessoas - principalmente as que vivem onde ele se criou. É um criador de projetos que levam educação e esporte à comunidades carentes e que mostra, na prática, como um ídolo do futebol pode seguir marcando golaços mesmo depois de abandonar os gramados. Força Tinga. Estaremos contigo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros