Lelê Bortholacci: Gre-Nal será uma prova definitiva para o Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada23/01/2021 | 09h00Atualizada em 23/01/2021 | 09h00

Lelê Bortholacci: Gre-Nal será uma prova definitiva para o Inter

Se vencer o clássico, título brasileiro que não vem há 41 anos ficará mais próximo

Lelê Bortholacci: Gre-Nal será uma prova definitiva para o Inter Ricardo Duarte / Internacional/Divulgação/Internacional/Divulgação
Que o sorriso de Edenilson, Patrick, Peglow e Yuri Alberto se repita no clássico de domingo Foto: Ricardo Duarte / Internacional/Divulgação / Internacional/Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Se falta algo pra esse time do Internacional convencer sua torcida — ou, pelo menos, os mais pessimistas — de que pode voltar a ser campeão brasileiro depois de 41 anos é uma vitória no Gre-Nal. O clássico deste domingo (24) pode mexer (e muito) no caminho tanto de Inter quanto de Grêmio no campeonato mais difícil do país. 

Por um lado, temos a liderança e uma sequência incrível de vitórias que geraram aquilo que faz toda a diferença para os atletas renderem o máximo: a confiança. Por outro lado, algo que todo mundo sabe que incomoda demais o nosso grupo: o histórico recente nos confrontos, que beira o patético. 

Numa rivalidade centenária, na qual temos vantagem há mais de 75 anos, ficar 11 partidas sem vencer é um marco negativo que qualquer jogador quer se livrar. E essa parte psicológica me preocupa muito, porque um gol deles pode reabrir uma ferida que ainda não está cicatrizada.

Leia mais
Cinco motivos para acreditar na vitória do Inter no Gre-Nal 429
Mano a Mano: quem leva a melhor no Gre-Nal 429?
Gre-Nal 429: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 32ª rodada do Brasileirão

Sonho virou algo real

Mas há muitos fatos novos desde a última vez que os dois se encontraram. Mesmo que o time de Renato Portaluppi esteja invicto no Brasileirão há quase um turno inteiro, é a invencibilidade do time de Abel que surpreende. A afirmação de jovens que assumiram titularidade junto à experiência dos mais rodados — a maioria deles, feridos deste histórico recente no clássico — fez do Internacional um time que voltou a empolgar sua torcida, transformando um sonho distante em algo real. 

A realização desse sonho passa, efetivamente, pelo maior número de vitórias nos sete jogos que restam. E o primeiro é contra nosso maior rival. Uma prova definitiva para o surpreendente Inter de Abel Braga.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros