Luciano Périco: as chegadas e partidas no Grêmio a partir da nomeação do novo vice de futebol  - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Idas e vindas 21/04/2021 | 09h00Atualizada em 21/04/2021 | 09h00

Luciano Périco: as chegadas e partidas no Grêmio a partir da nomeação do novo vice de futebol 

O momento é de mudanças importantes na estrutura do futebol gremista

Luciano Périco: as chegadas e partidas no Grêmio a partir da nomeação do novo vice de futebol  Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Marcos Herrmann já teve um primeiro contato com o grupo de jogadores Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação

Por mais que o presidente Romildo Bolzan tenha colocado que as prioridades serão o Brasileirão, competição que não vence desde 1996, e a Copa do Brasil, o Grêmio está deixando para trás um tempo importante antes do anúncio do novo treinador. O nome de Tiago Nunes parece ser boa uma escolha pela necessidade do Tricolor em trabalhar com a base. Mas ele já poderia estar trabalhando no CT Luiz Carvalho para estrear na Sul-Americana contra o La Equidad-COL, nesta quinta-feira (22).

Depois, no final de semana, tem a rodada decisiva do Gauchão. Mesmo já classificado, o Grêmio está na liderança e precisa manter a ponta para ter as vantagens de decidir as outras fases na Arena. Não será barbada encarar o Ypiranga em Erechim. A confirmação de Marcos Herrmann como vice de futebol vai agilizar o processo. O dirigente que desembarca no vestiário já estava no Conselho de Administração, participando de todas as decisões do clube. Por isso, tudo aponta que será uma questão de tempo para a chegada de Tiago Nunes.

Leia mais
Com Geromel, Thiago Gomes encaminha o time do Grêmio para estreia na Sul-Americana 
"Vai deixar saudade", dizem torcedores que foram ao aeroporto Salgado Filho se despedir de Renato
Grêmio acerta empréstimo de Felipe para a Ponte Preta

Por outro lado, Renato Portaluppi partiu para o Rio de Janeiro. O vídeo colocada nas redes sociais pelo procurador Gerson Oldenburg mostra o treinador se despedindo dos centenas de torcedores que foram ao Salgado Filho. É uma imagem simbólica, carregada de emoção dos dois lados. Dá a exata dimensão do ídolo gremista. 

Importante apenas registrar que qualquer aglomeração, em tempos de pandemia, não é legal. Por mais que se questionasse o desempenho recente da equipe, que não conseguia repetir o grande futebol apresentado em temporadas passadas, a devoção da galera por um ícone da história do clube está acima de tudo. Com certeza, entre idas e vindas, os caminhos do Grêmio e de Renato vão se reencontrar logo ali na frente. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros