Cacalo: como vai jogar o Grêmio de Felipão - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor10/07/2021 | 07h00Atualizada em 10/07/2021 | 07h00

Cacalo: como vai jogar o Grêmio de Felipão

O estilo de Luiz Felipe Scolari sempre foi de consistência defensiva e forte contra-ataque

Cacalo: como vai jogar o Grêmio de Felipão LUCAS UEBEL / GREMIO FBPA/GREMIO FBPA
Felipão comandará o Grêmio no clássico deste sábado (10) Foto: LUCAS UEBEL / GREMIO FBPA / GREMIO FBPA
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Vou tentar expor aos leitores como penso que deverá jogar o novo Grêmio de Felipão. Obviamente, estou me baseando nos tempos em que trabalhamos juntos, nos anos de 1993 a 1996, quando tínhamos ideias semelhantes sobre futebol. Claro que, agora, pela situação que vive o Grêmio, e pelo pouco tempo de trabalho, Luiz Felipe poderá optar por uma escalação e forma de jogar emergencial. 

Por mais que o Grêmio seja escalado com três zagueiros, como está sendo dito em redes sociais, não tenho nenhuma dúvida de que a equipe terá uma forma de escape em velocidade para contra-atacar. Esse sempre foi o estilo Felipão: consistência defensiva e forte possibilidade de contra-ataque. 

Então confesso que tenho dúvida se Diego Souza começará entre os 11, pois não está mostrando a necessária velocidade para ir ao gol adversário. Por outro lado, em todas as equipes que treinou, Luiz Felipe sempre contou com um centroavante de posicionamento. No entanto, não enfrentava a excepcionalidade de agora. 

Leia mais
Gre-Nal 433: horário, como assistir e tudo sobre o jogo pela 11ª rodada do Brasileirão
Guilherme Guedes e Jean Pyerre devem ser as novidades de Felipão para o Gre-Nal
Felipão quer reduzir grupo de jogadores do Grêmio: "Não podemos trabalhar com 44 pessoas"

Não sei quem serão os escalados, mas o meio-campo será povoado e terá poder de marcação, para que a zaga não jogue desprotegida. Esse clássico Gre-Nal será um jogo de xadrez e quem mexer melhor as peças será vencedor. Afinal, o Inter também vive um difícil momento. 

Como gremista, acredito numa reabilitação tricolor, não somente na questão técnica, mas no aspecto psicológico, pois a capacidade de comunicação que Felipão tem com os atletas é diferenciada. Desejo que o Grêmio saia vencedor.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros