Guerrinha: manifestações como a de Felipão, na maioria das vezes, provocam queda de rendimento - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Faca de dois gumes17/08/2021 | 08h00Atualizada em 17/08/2021 | 08h00

Guerrinha: manifestações como a de Felipão, na maioria das vezes, provocam queda de rendimento

Técnico do Grêmio chutou a porta, após a derrota para o São Paulo

Guerrinha: manifestações como a de Felipão, na maioria das vezes, provocam queda de rendimento Lucas Uebel / Grêmio FBPA/Grêmio FBPA
Felipão cobrou garra dos jogadores, na frente das câmeras Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Grêmio FBPA

Assustado com o momento e apavorado com o futuro, o técnico Luiz Felipe Scolari chutou a porta, na coletiva de imprensa após a derrota para o São Paulo. O treinador do Grêmio cobrou garra dos jogadores, na frente das câmeras.

Claro que o chefe do vestiário tem bagagem de sobra para agir de tal forma. No entanto, esse tipo de manifestação quase sempre não é bem recebida pelo vestiário. Na maioria das vezes, provoca queda de rendimento dentro do campo e ambiente ruim. Tudo o que não pode acontecer nesse momento.

Leia mais
Os números e o posicionamento de Vanderson na derrota do Grêmio para o São Paulo
Grêmio se manifesta sobre presença de jogadores em festa que viralizou nas redes sociais


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros