Guerrinha: o impacto que as saídas de Matheus Henrique e Ferreira vão gerar no Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Vendas05/08/2021 | 08h00Atualizada em 05/08/2021 | 08h00

Guerrinha: o impacto que as saídas de Matheus Henrique e Ferreira vão gerar no Grêmio

Direção precisará buscar reposições de boa qualidade, com capacidade de titularidade

Guerrinha: o impacto que as saídas de Matheus Henrique e Ferreira vão gerar no Grêmio SILVIO AVILA / AFP/AFP
Matheus Henrique (foto) tem proposta para deixar o Grêmio Foto: SILVIO AVILA / AFP / AFP

Com as saídas de Matheus Henrique e Ferreira, que serão consumadas nos próximos dias, o Grêmio, que está jogando pouco, perde dois jogadores que acrescentavam e fica mais frágil ainda para encarar a bronca em que está metido.

Mais do que nunca, e com a maior urgência, a direção do Tricolor precisa colocar o bloco na rua e encontrar reposições de boa qualidade, que tenham capacidade de titularidade. Sob pena de continuar mostrando um futebol preocupante, que pode dar ao Grêmio um castigo impensável no início do Brasileirão: o rebaixamento.

Leia mais
Janela dos EUA e negociações na Europa: os prazos das quatro negociações de saídas do Grêmio
Exigência por venda, aumento salarial e afastamento: as polêmicas de Ferreira no Grêmio

Perguntinha

De quantos reforços o Grêmio necessita?

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros