Luciano Périco: a regra que Diego Aguirre precisa driblar no Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Escolhas13/08/2021 | 09h00Atualizada em 13/08/2021 | 09h00

Luciano Périco: a regra que Diego Aguirre precisa driblar no Inter

Treinador terá que ter jogo de cintura para lidar com uma restrição no regulamento do Brasileirão 

Luciano Périco: a regra que Diego Aguirre precisa driblar no Inter Ricardo Duarte / Inter/Inter
Integrado ao grupo, Gabriel Mercado ainda não estreou pela equipe colorada Foto: Ricardo Duarte / Inter / Inter

A CBF determinou, a partir de 2014, que cada clube no Brasileirão só pode relacionar cinco atletas estrangeiros nas partidas. Antes da determinação eram apenas três. Penso ser uma medida discutível. Cada entidade deveria ter a liberdade de poder escolher com quantos jogadores de outros países quer contar no elenco. não há porque ter reserva de mercado. Mas a regra é clara. Diego Aguirre terá que sempre optar por deixar alguém fora dos concentrados. 

Leia mais
Tinga descarta possibilidade de ser coordenador técnico do Inter e sugere nomes de outros ex-jogadores
Boschilia e Zé Gabriel estão liberados para retorno aos treinos do Inter
Contra o Fluminense, Diego Aguirre pode repetir escalação da goleada sobre o Flamengo

Vindo por indicação do treinador, o argentino Gabriel Mercado ainda não teve a chance de estar à disposição para estrear com a camisa colorada. Contra o Fluminense pode ser a primeira oportunidade. Só que o treinador uruguaio terá que cortar alguém. Esse é o grande problema. Saravia, Bruno Méndez e Cuesta são titulares. Já Palacios tem sido uma opção no ataque. Pode até aparecer na equipe no domingo (15). 

Com contrato até o final do ano, Guerrero ainda pode ser uma arma importante. E sem esquecer do jovem Cuestinha. Decisão difícil para Aguirre. Alguém terá que ficar fora para Mercado entrar entre os relacionados. Ou o argentino seguirá fora de combate. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros