Luciano Périco: de olho no futuro, Inter adota a política pé no chão - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Renovação31/08/2021 | 06h00Atualizada em 31/08/2021 | 06h00

Luciano Périco: de olho no futuro, Inter adota a política pé no chão

Com poucos recursos para investir em nomes consagrados, política das contratações coloradas parte para a busca de atletas em começo de carreira

Luciano Périco: de olho no futuro, Inter adota a política pé no chão Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Diretor executivo de futebol, Paulo Bracks, vem participando das contratações de jovens na equipe colorada Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação

As duas contratações anunciadas pelo Inter indicam que o clube está pensando no futuro. Nenhuma delas mobilizou o torcedor para lotar o Salgado Filho. O presidente Alessandro Barcellos já deixou claro que o cofre está raspado. Por isso, não há recursos para trazer medalhões. 

A ideia é buscar jogadores jovens, de custo baixo e com grande possibilidade de crescimento. A atual política de futebol, de apostar em guris, é um dos pilares da atual diretoria. Gustavo Maia desembarca no Beira-Rio para ser uma opção de ataque para Diego Aguirre. Formado na base do São Paulo, não chegou a ser utilizado nos profissionais. Foi para o Barcelona em agosto de 2020, onde atuou na equipe B. 

Leia mais
"É uma oportunidade de ouro que estou tendo", diz Gustavo Maia, novo atacante do Inter
Inter perde para o Palmeiras no jogo de ida das semifinais do Brasileirão Feminino
Inter divulga imagens da terceira camisa para a temporada 2021

Já o zagueiro Kaique Rocha chega para o Colorado por um contrato de dois anos. O jovem vem por empréstimo da Sampdoria, da Itália. Atuou apenas uma vez no clube europeu. Será mais uma alternativa para Aguirre na defesa.

Se os novos reforços vão dar certo, somente o tempo dirá.  Como qualquer outra contratação de jogador experiente, pode dar certo ou errado. Mas, pelo menos, indica uma convicção do Colorado no perfil dos reforços. 

Bruno Méndez, Yuri Alberto, Carlos Palácios, Paulo Victor e Mauricio também são atletas em começo de carreira que desembarcaram em Porto Alegre para construir uma história do futebol. A vontade de vencer é algo fundamental no processo.

p>
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros