Luciano Périco: o titular que pode pintar na equipe do Inter em Goiânia - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Escolha25/08/2021 | 08h00Atualizada em 25/08/2021 | 08h00

Luciano Périco: o titular que pode pintar na equipe do Inter em Goiânia

Diego Aguirre não poderá contar com Rodrigo Lindoso contra o Atlético-GO pelo Brasileirão

Luciano Périco: o titular que pode pintar na equipe do Inter em Goiânia Ricardo Duarte / Inter,Divulgação/Inter,Divulgação
Volante Johnny pode ganhar uma chance em Goiânia no domingo (29) Foto: Ricardo Duarte / Inter,Divulgação / Inter,Divulgação

Diego Aguirre terá até o final de semana para trabalhar com o grupo de jogadores do Inter para enfrentar o Atlético-GO no domingo (29), em Goiânia, pelo Brasileirão. Fato raro no nosso maluco calendário. 

A grande questão é decidir quem será o substituto de Lindoso, suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo contra o Santos. A opção mais conservadora é a colocação de Johnny. Volante de origem, o guri não mudaria o posicionamento de outras peças da equipe. 

Leia mais
Com retorno de Mauricio, Inter realiza primeiro treino para enfrentar o Atlético-GO
Inter não tem pressa para reforçar o grupo após a saída de Galhardo
Saída de Thiago Galhardo do Inter foi boa para os dois lados

Tudo indica que Johnny será a escolha de Aguirre, ao lado de Rodrigo Dourado, justamente por mexer menos na estrutura que vem dando resposta nos últimos três jogos: duas vitórias e um empate. Com um ótimo aproveitamento de sete pontos conquistados em nove disputados, não há porque fazer mudanças radicais. 

A segunda alternativa para Aguirre seria a colocação de Boschilia, meia de origem e que pode trabalhar mais na articulação. Até gosto da ideia, apesar de achar que não será a escolha do técnico colorado. 

A novidade entre os atletas relacionados é Mauricio. O antigo titular no meio-campo, recuperado de lesão, pode ser a grande surpresa. Seria uma ótima escolha. Porém, a falta de ritmo de jogo pode pesar contra o meia.  Já Caio Vidal é outra possibilidade. Menos provável. Ele seria um atacante de velocidade pelo flanco. Ajudaria a turbinar o contra-ataque. 

No caso da escolha por Johnny, não há a necessidade de mexer no posicionamento de Edenilson e Patrick. Fica tudo como está. A liberdade dos dois meio-campistas traz muitos benefícios ofensivos. Para aproveitar a sua qualidade, Taison necessita de liberdade para flutuar e se aproximar de Yuri Alberto. O ideal para o Inter é buscar uma vitória contra o Atlético-GO, fora do Beira-Rio, para tentar uma aproximação do G-6 na reta final do primeiro turno do campeonato. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros