Luciano Périco: saída de Thiago Galhardo do Inter foi boa para os dois lados - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Hora do  adeus24/08/2021 | 06h00Atualizada em 24/08/2021 | 06h00

Luciano Périco: saída de Thiago Galhardo do Inter foi boa para os dois lados

Meia-atacante está indo jogar no Celta de Vigo, da Espanha, e será comandado pelo técnico Eduardo Coudet, novamente

Luciano Périco: saída de Thiago Galhardo do Inter foi boa para os dois lados Ricardo Duarte / Inter / Divulgação/Inter / Divulgação
Aos 32 anos, atleta terá a oportunidade de atuar no futebol europeu Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / Inter / Divulgação

Pelas redes sociais, Thiago Galhardo já se despediu do Inter. Ele embarcou para a Espanha, onde vai atuar no Celta de Vigo. A saída do jogador será um bom negócio para as duas partes. É inegável a contribuição do meia-atacante na temporada passada, durante a campanha que levou o Colorado ao vice-campeonato do Brasileirão. Em 2020, fez 23 gols. 

Na atual temporada, já havia marcado 11 vezes. Mesmo nos momentos ruins, nunca se escondeu. E foi através do Inter que o atleta teve espaço para realizar o sonho de todo profissional: vestir a camisa da Seleção Brasileira

Leia mais
"Não temos carência em nenhuma posição", diz vice de futebol do Inter sobre busca por reforços
Renovação de Guerrero com o Inter ganha força após sequência de partidas
Moisés ou Paulo Victor: quem deve ser o titular do Inter

No entanto, as informações vindas dos bastidores do Beira-Rio indicavam que o jogador vinha tendo alguns problemas internos. Na postagem do Instagram, o próprio Galhardo nega as questões comportamentais que foram comentadas e afirmou que "ninguém é perfeito, logicamente, todos nós podemos cometer erros e, nem sempre, vamos agradar a todos".

 Em campo, acabou perdendo espaço para Yuri Alberto, o que também causou desgaste. Não estava mais nos planos de Diego Aguirre colocá-lo como titular absoluto. 

Para ceder Thiago Galhardo, o Inter irá receber cerca de R$ 3 milhões de reais pelo empréstimo, por 10 meses. Não resolve o problema grave das finanças. Porém, elimina um possível ponto de tensão dentro do vestiário. Nunca é bom esse tipo de coisa. 

Outra questão importante é que o camisa 17 vai reencontrar Eduardo Coudet, comandante da equipe colorada no seu melhor momento da carreira. Pelo desempenho, inclusive, ele foi convocado pelo técnico Tite. Aos 32 anos, quando talvez já nem cogitasse uma transferência para a Europa, Thiago Galhardo terá a chance de atuar em uma das ligas mais importantes do mundo. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros