Cacalo: a nova realidade do Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor21/09/2021 | 09h00Atualizada em 21/09/2021 | 09h00

Cacalo: a nova realidade do Grêmio

Os atletas parece que encontraram seus lugares dentro do campo e, principalmente, na movimentação

Cacalo: a nova realidade do Grêmio Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
A grande vitória sobre o Flamengo trouxe ao elenco do Grêmio uma nova situação de segurança e maturidade para o prosseguimento do Brasileirão Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

A grande vitória sobre o Flamengo trouxe ao elenco do Grêmio uma nova situação de segurança e maturidade para o prosseguimento do Brasileirão. Evidentemente, não há garantia de novas conquistas, mas, inegavelmente, a força e a repercussão do enfrentamento contra o rubro-negro devolveram ao Tricolor: autoestima, capacidade de reação e possibilidade de crescimento na competição.

O Grêmio achou uma forma de atuar. Os atletas parece que encontraram seus lugares dentro do campo e, principalmente, na movimentação. Tudo isso graças ao trabalho consistente e qualificado de Felipão, contando com a compreensão e coragem dos jogadores.

Claro que ainda há equívocos, mas, seguindo neste ritmo, a tendência é melhorar as atuações. Não sei onde será, mas Felipão terá de achar um lugar no time para Mateus Sarará. Ele é jovem, inexperiente, mas tem muita bola no corpo. E vejam que o meio de campo tem sido um dos pontos altos do time. 

Leia mais
Grêmio desperdiçou apenas três pênaltis nesta temporada
Recuperado, Ferreira volta a ter participação efetiva no Grêmio
Douglas Costa será reavaliado e tem chance de voltar ao time do Grêmio contra o Athletico-PR

Preciso fazer também, o que não disse na coluna anterior: destacar as atuações de Vanderson, Thiago Santos e Borja. Pela qualidade, força e entrega à equipe. Referindo-me a esses atletas, não significa deixar de citar outros de atuação excelente, cada um dentro de suas características.

Por fim, com este oceano de qualidades, registro, com tristeza, a lesão do grande Gabriel Chapecó. Ele foi muito bem substituído por Brenno, mas é um goleiro de primeiro nível. Tomara que retorno logo e com bastante saúde. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros