Lelê Borthlacci: o empate com o Bragantino obriga o Inter a vencer o Corinthians - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada23/10/2021 | 07h00Atualizada em 23/10/2021 | 07h00

Lelê Borthlacci: o empate com o Bragantino obriga o Inter a vencer o Corinthians

Se os dois jogos foram planejados simultaneamente, precisamos de quatro pontos. Ficaram faltando três

Lelê Borthlacci: o empate com o Bragantino obriga o Inter a vencer o Corinthians André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
O que eu não sei é se Aguirre e sua comissão entenderam que vencer o Bragantino com seus desfalques seria mais "fácil" do que vencer o Corinthians Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

As substituições durante os 90 minutos e a coletiva após o empate com o Bragantino deixaram a nítida impressão de que a comissão técnica do Inter planejou o jogo de quinta-feira (21) em conjunto com o de domingo (24), contra o Corinthians. Mesmo que estejamos acostumados a ouvir aquele discurso de que "o jogo mais importante é o próximo" fiquei realmente surpreso com este planejamento "conjunto". 

Ainda mais quando estamos falando de dois concorrentes diretos a uma vaga na Libertadores 2022. Eu sei que quando se fala em planejamento no futebol, sempre há um contexto e um calendário a ser cumprido. Também entendo perfeitamente que estamos diante de um acúmulo de jogos, no final de uma temporada na qual os jogadores praticamente emendaram na outra. Ou seja, estão chegando em seus limites físicos. Tudo certo. Mas, então, o frustrante resultado final de quinta-feira, nos obriga a vencer o Corinthians.

Leia mais
Diego Aguirre contará com três reforços para a partida contra o Corinthians
Inter e Guerrero se aproximam de acordo para antecipar fim do contrato
Inter x Corinthians: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 28ª rodada do Brasileirão

O que eu não sei é se Aguirre e sua comissão entenderam que vencer o Bragantino com seus desfalques seria mais "fácil" do que vencer o Corinthians, mas foi a impressão que fiquei, principalmente pela trocas feitas e pela quantidade de jogadores jovens que tiveram a missão — não cumprida — de segurar a vitória. Se realmente os dois jogos foram planejados simultaneamente, precisamos de quatro pontos. Ficaram faltando três.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros