Lelê Bortholacci: derrota que passa diretamente por uma atitude injustificável de Edenilson - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada17/10/2021 | 20h51Atualizada em 17/10/2021 | 20h51

Lelê Bortholacci: derrota que passa diretamente por uma atitude injustificável de Edenilson

Inter vendeu caro o 1 a 0 para o Palmeiras, mesmo fora de casa

Lelê Bortholacci: derrota que passa diretamente por uma atitude injustificável de Edenilson Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Edenilson teve má atuação diante do Palmeiras, em São Paulo Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Foi mais uma derrota para um time nitidamente superior, mas o Inter vendeu caro o resultado deste domingo (17), contra o Palmeiras. Enquanto houve igualdade numérica em campo, o jogo foi muito parelho. 

Desde o início, o time de Diego Aguirre se impôs e fez questão de trabalhar a bola com muito consciência e personalidade. Mas, com o passar do tempo, fiquei com a impressão de que algo atrapalhou a concentração dos jogadores. As jogadas bem armadas foram substituídas por erros técnicos por parte de Taison e Edenilson, algo que não estamos acostumados a ver.

Na transmissão da Rádio Gaúcha, cheguei a mencionar que, pelo menos na TV, o árbitro parecia ser bem mais rigoroso nas punições aos jogadores colorados do que com os adversários, fosse na marcação de faltas ou nas reclamações. E foi exatamente uma reclamação que acabou decidindo o jogo a favor do Palmeiras. 

Leia mais
Edenilson pede desculpa pela expulsão na derrota do Inter para o Palmeiras
"Minha ideia é cumprir o contrato com o Inter", diz Aguirre sobre possibilidade de assumir seleção uruguaia
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Inter na derrota para o Palmeiras

O pênalti marcado no toque de mão de Cuesta deixou muitos jogadores transtornados, e Edenilson foi expulso diretamente. Inadmissível para um jogador com tanta experiência e que acabou de chegar da Seleção Brasileira. Injustificável.

Com um a menos em campo, e correndo atrás do placar, era de se imaginar que o Inter veria o Palmeiras mandar no jogo. Mas não: nosso time seguiu controlando bem a bola, articulando e levando perigo ao gol de Weverton da mesma forma que fez enquanto estava com 11 em campo.

Aspecto positivo

Sempre é importante destacar quando um time responde bem a uma expulsão. Isso é o que fica de positivo de uma derrota que passa diretamente pela atitude equivocada de um jogador que, em diversas outras oportunidades, foi o principal responsável por termos conquistado três pontos.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros