Luciano Périco: a jovem promessa que surge na vida do Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Novo atacante12/10/2021 | 07h00Atualizada em 12/10/2021 | 07h00

Luciano Périco: a jovem promessa que surge na vida do Inter

O encaminhamento da saída de Guerrero, tratado pelos dirigentes com o staff do atleta, pode abrir espaço para um novo atacante do grupo

Luciano Périco: a jovem promessa que surge na vida do Inter Ricardo Duarte / Sport Club Internacional/Sport Club Internacional
Matheus Cadorini marcou o primeiro gol no profissional contra a Chapecoense Foto: Ricardo Duarte / Sport Club Internacional / Sport Club Internacional

Yuri Alberto é diferenciado. É o típico atleta, que aguça o interesse dos clubes do mercado europeu. Mais cedo ou mais tarde, virá uma proposta de algum clube estrangeiro. Não há o que o Inter fazer. Precisa de recursos e não há como barrar a carreira de um atacante promissor. Enquanto isso, o Colorado deve aproveitar ao máximo a qualidade do goleador. Se olharmos no geral, ele sempre está nos lances de perigo no ataque.

A vitória sobre a Chapecoense mostrou que o substituto pode estar em casa. Ou, pelo menos, uma excelente opção. Claro que ainda é somente uma primeira amostragem. Mas Matheus Cadorini fez um gol típico do homem de área. Com o gigante de 1.92m, a bola aérea passa a ser uma arma importante. O guri poderá ser o reserva imediato de Yuri Alberto. No necessidade de dar um abafa nos adversários, os dois podem atuar juntos.

Leia mais
Inter mira G-4 e faz as contas para alcançar o Palmeiras na próxima rodada
Passes certos e jogo vertical: como foi a atuação de Mauricio contra a Chapecoense
Criatividade, improvisações e garotos: a estratégia de Aguirre para diversificar as opções do elenco do Inter

A saída de Guerrero, anunciada na noite desta segunda-feira (11), estava desenhada. Depois da grave lesão no joelho, ele nunca conseguiu retornar com sequência. Há pouco foi desconvocado da seleção do Peru. Custa muito caro para os cofres. Tudo já estava indicando para a não permanência do peruano no Beira-Rio em 2022. Infelizmente, parece que o centroavante não vai conseguir retomar o alto nível. Guerrero vai deixar o Colorado sem títulos e sem marcar gols em Gre-Nais. 

Tudo indica que a questão está sendo tratada de forma madura, para não ter stress. Como dar espaço a jogadores jovens é uma política da gestão Alessandro Barcellos, Matheus Cadorini surge como uma opção interessante. Para manter o atacante, emprestado até janeiro, o Inter precisa pagar ao Osasco Audax. O valor, que pode ser parcelado, está na casa de R$ 1 milhão por 70% dos direitos. Vale a aposta.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros