Lelê Bortholacci: o fracasso de 2021 pode nos ajudar em 2022 - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada01/12/2021 | 08h00Atualizada em 01/12/2021 | 08h00

Lelê Bortholacci: o fracasso de 2021 pode nos ajudar em 2022

Inter, ao que parece, vai conseguir a proeza de ficar de fora da Libertadores

Lelê Bortholacci: o fracasso de 2021 pode nos ajudar em 2022 Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Inter fracassou quando esteve à beira de garantir vaga no G-4 Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Com a maior quantidade de vagas à Libertadores da história via Brasileirão, o Inter, ao que parece, vai conseguir a proeza de ficar de fora do torneio continental da próxima temporada. O Inter fracassou quando esteve à beira de garantir vaga no G-4. Em seguida, falhou novamente quando o número de vagas diretas aumentou para seis. A última oportunidade de ir para a Libertadores seria através das vagas para a fase eliminatórias, mas nem entre os oito estamos mais.

A queda de rendimento ocorrida na hora em que precisávamos exatamente do "sprint final" não permite que a torcida sonhe como uma reviravolta nos últimos dois jogos. Claro que sempre devemos considerar as surpresas que o futebol nos traz e, quem sabe, duas atuações de gala nos levem aos 54 pontos. Mas, talvez, seja tarde demais. E, se a Sul-Americana for o caminho em 2022, que seja tratada com toda a atenção, pois reconquistar este título me serve, e muito, como um dos objetivos da próxima temporada.

Leia mais
Inter acerta a compra de Matheus Cadorini
Com contrato perto do fim com o Palmeiras, Felipe Melo admite conversas com Inter

A bola sempre pune

O rebaixamento colorado em 2016 se deu dentro do campo, mas muito por consequência de tudo que hoje aparece nas páginas policiais, mas eu nunca esqueci que o time que ficou em 16º lugar e escapou da queda foi o Vitória da Bahia, que tinha o jogador Victor Ramos inscrito irregularmente com total conivência da CBF. Pois o tempo passou e, no último domingo, o clube baiano caiu para a Série C. Pode demorar, mas a bola sempre pune.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros