Cacalo: Roger tem procurado consolidar uma forma de atuar que não está dando resultado no Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor19/05/2022 | 07h00Atualizada em 19/05/2022 | 08h57

Cacalo: Roger tem procurado consolidar uma forma de atuar que não está dando resultado no Grêmio

Penso que dois volantes de marcação, dois meias que ajudem a cercar e dois atacantes podem facilitar o trabalho do time

Cacalo: Roger tem procurado consolidar uma forma de atuar que não está dando resultado no Grêmio Renan Jardim / Grêmio/Grêmio
Roger tem a missão de fazer o Grêmio jogar de forma simples e produtiva Foto: Renan Jardim / Grêmio / Grêmio
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Atualmente, a maioria dos treinadores de futebol tem utilizado esquemas que contemplam uma série de requisitos, menos jogarem de forma simples e produtiva, permitindo que logo o atleta tenha facilidade de entender o desejo de seu técnico. 

Na prática, temos visto uma miscelânea de  números que correspondem a determinado tipo de sistema tático. Considerando que como regra geral há muito pouco tempo para treinamentos, dificilmente o atleta absorve o que pretende o treinador e nem sempre os resultados são bons. 

Tenho um longo período trabalhando em futebol, o que me concede uma certa experiência de vestiário e de convívio com os mais diversos treinadores. Não me recordo de um profissional que tenha, na busca de vitórias, criado situações modelares em nível de esquemas atípicos ou daquelas invenções na forma de jogar.  Mas existem alguns que até podem ter dado certo em determinados momentos. 

Leia mais
Série de lesões no Grêmio pode forçar a improvisação de Rodrigues na lateral direita pela 12ª vez
Grêmio tem de bater de frente com a OAS
Com previsão de retorno para julho, Jhonata Robert inicia corridas no CT do Grêmio

Fiz este preâmbulo para chegar ao Grêmio. Roger não inventa, mas tem procurado consolidar uma forma de atuar que não está dando resultado. O time não pode jogar com o meio de campo somente com um volante de marcação, pois isso determina que os outros integrantes tenham que assumir responsabilidades que não condizem com suas características. 

Penso que dois volantes de marcação, dois meias que ajudem a cercar e dois atacantes podem facilitar o trabalho do time, sem exigir muita alternativa tática dos atletas



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros