Em cartas, alunos de escola de Porto Alegre pedem a familiares que parem de fumar - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

31/05/2011 | 04h35

Em cartas, alunos de escola de Porto Alegre pedem a familiares que parem de fumar

Crianças redigem mensagens a parentes pedindo que abandonem o cigarro, no Dia Mundial sem Tabaco

Em cartas, alunos de escola de Porto Alegre pedem a familiares que parem de fumar Jefferson Botega/Agencia RBS
Mylena, oito anos, vai entregar sua carta à avó Zeli Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS

Alunos do Colégio Adventista do Partenon, em Porto Alegre, propuseram-se, na segunda-feira, a escrever cartas a familiares alertando-os para que parem de fumar. A iniciativa marca o Dia Mundial sem Tabaco, comemorado nesta terça-feira no mundo inteiro.

A atividade, segundo o diretor de educação da rede, Anderson Voos, virou tradição na escola. Todos os anos, na véspera da data estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um símbolo na luta contra o tabagismo, os estudantes cumprem o ritual, que nunca sai de moda:

— Abrimos esse espaço, porque os alunos pedem. A maioria conhece alguém que fuma e quer mudar isso.

>>> Veja a ação dos alunos para que familiares parem de fumar



Entre os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental, a tarefa foi encarada como uma missão solene. Debruçada sobre a classe, Mylena Garcia Rosario da Silva, oito anos, se esforçava para traçar "uma letra bonita" e sem rasuras. Escrevia para a vó Zeli, que, segundo ela, anda parecendo "uma chaminé".

— Escrevi o que penso: cigarro é uma porcaria venenosa. Já pedi um monte de vezes pra vó parar, mas ela nunca para. Tomara que agora funcione, né? — disse Mylena.

A ideia, segundo a coordenadora pedagógica da escola, Maria Silva de Oliveira Nunes, é que os estudantes possam relatar como foi a reação dos parentes diante de seus apelos:

— Uma criança que sabe dos danos causados pelo cigarro dificilmente vai se tornar fumante. Isso já é uma vitória.

Leia a reportagem completa na edição desta terça-feira de Zero Hora.

ZERO HORA

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros