Falcão reafirma discurso sobre a força do grupo: "Não mudo uma vírgula do que disse" - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

31/05/2011 | 18h00

Falcão reafirma discurso sobre a força do grupo: "Não mudo uma vírgula do que disse"

Comandante revelou surpresa com a repercussão da entrevista na qual falava que, com o plantel atual, "não teria condições de ser campeão brasileiro"

Falcão reafirma discurso sobre a força do grupo: "Não mudo uma vírgula do que disse"  Diego Guichard/
Falcão garantiu que o grupo de jogadores não se sentiu ofendido Foto: Diego Guichard

Atualizada às 19h

Falcão concedeu uma entrevista coletiva “tensa” de 41 minutos na tarde desta terça-feira. O treinador foi intensamente questionado sobre as declarações de que o “Inter não teria grupo para ser campeão” do Brasileirão. E reiterou o que disse.

– Fui bem claro naquele dia e não mudo uma vírgula do que falei – afirmou. – Esse Inter sempre foi muito criticado pela imprensa. Não posso ser hipócrita e dizer que o time é melhor que o Milan, Barcelona. A gente não pode fantasiar. Sou extremamente correto com o grupo. Em nenhum momento houve reclamação. Vamos perder muitos jogadores para seleções. Precisa-se de grupo para pelo menos tentar vencer um campeonato – discursou.

O tempo todo, Falcão lembrou o campeonato Gaúcho conquistado pelo Inter dentro do Olímpico. Para o treinador, o que incomoda são as interpretações por parte da imprensa. Ele prometeu, inclusive, mudar o tratamento com jornalistas.

Como exemplo, o treinador lembrou o caso de Oscar. Disse que foi veiculado na imprensa que estava tentando transformar o meia em um “Caçapava”. E chamou esse jornalismo de mau caratismo.

– Disse na entrevista de domingo que o Oscar era um jogador de qualidade, mas precisava de um reforço. Vi gente falando que eu queria transformar o Oscar no
Caçapava. Isso é mau caratismo e não jornalismo. Talvez fosse melhor falar menos. Como fui amigo de vocês, achei que pudesse ter uma conversa mais ampla, mais
tranquila. As pessoas estão transformando declarações que não são reais. De repente eu tenha que mudar – comentou.

>>> Confira como foi a coletiva de Falcão

Foto: Diego Guichard

As declarações de Falcão para a Rádio Gaúcha causaram certo mal-estar entre ele e o vice de futebol Roberto Siegmann. O dirigente reiterou a confiança que tem em cima do grupo colorado.

Para tentar explicar essa discordância com Siegmann, o treinador usou a “família” como exemplo. Disse que cada integrante sempre tem a sua forma de pensar, mas que o objetivo é o mesmo.

– Não tive avô. Em uma família, um avô pensa de um jeito, o tio de outro, o pai também. Mas todos querem a mesma coisa. E não significa que esteja puxando para um
lado ou outro. Não tem nenhuma necessidade de alguém concordar com alguém. E é assim. Não é só no Inter. Todas as pessoas que estão na mesma empresa tem que buscar o resultado final – afirmou.

Clima tranquilo entre os jogadores

Se alguém esperava um clima pesado entre os jogadores, se enganou. Muitos risos e brincadeiras no grupo – longe de um ambiente de crise.

Foto: Diego Guichard

O que se viu foi um Falcão mais sério do que o normal. Passou boa parte ao lado das goleiras, enquanto Julinho Camargo passava o treinamento técnico.

Ao final, autografou camisetas para crianças e deixou sozinho o gramado suplementar. Levou outros 10 minutos para aparecer na sala de imprensa, quando começou a cerca tensão. Antes de começar a falar, pediu água para resfriar a garganta.

No domingo, o Inter enfrenta o América-MG. Se vencer, Falcão ganhará ânimo para seguir o trabalho. Caso saia derrotado, a pressão aumentará. Até então, o treinador garantiu que nunca sentiu o cargo ameaçado.

– Em nenhum momento me senti ameaçado. A cobrança á acentuada. Temos que insistir no trabalho – finalizou.

Foto: Diego Guichard

 

 

 

 

 

Leia mais

Direção do Inter enfrenta pressão pela saída de Falcão


Entrevista do técnico dizendo que time não tem grupo para vencer o Brasileirão caiu como uma bomba


>> Confira

Simulador de classificação
Faça suas previsões rodada a rodada e confira como seu time fica na tabela de classificação do Brasileirão 2011





Histórico de desempenho
Confira como foi o seu time nas últimas edições do Brasileirão e compare o desempenho com o de outras equipes em gráficos







 


 

CLICESPORTES

Notícias Relacionadas

31/05/2011 | 13h41

Direção do Inter enfrenta pressão pela saída de Falcão

Entrevista do técnico dizendo que time não tem grupo para vencer o Brasileirão caiu como uma bomba no Beira-Rio

31/05/2011 | 11h48

Kleber reitera confiança do grupo do Inter para brigar pelo título

Lateral-esquerdo não vê acomodação no elenco colorado

31/05/2011 | 07h13

Após declaração polêmica de Falcão, opine: qual grupo é melhor do Brasil?

Confira os elencos de Inter, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo, São Paulo e Santos

30/05/2011 | 18h41

Tinga minimiza declarações de Falcão: "Ele quer tirar o peso da equipe"

Meia disse que o grupo está em alerta por conta das más atuações

30/05/2011 | 17h25

Siegmann contraria Falcão e reitera confiança no grupo do Inter

Dirigente garantiu que conversará com Falcão a respeito das declarações

29/05/2011 | 20h22

Falcão pede reforços: "Não temos grupo em condições de vencer o Brasileirão"

Depois de ser derrotado pelo Ceará no sábado, técnico do Inter concedeu entrevista à Rádio Gaúcha

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros