Quadrilha utiliza uniformes de vigias para assaltar depósito de empresa na Capital - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

31/05/2011 | 04h43

Quadrilha utiliza uniformes de vigias para assaltar depósito de empresa na Capital

Antes de roubar cigarros e dinheiro, bando atacou seguranças responsáveis por escolta de carga

Uma sequência de assaltos planejados em detalhes – baseada, possivelmente, em informações privilegiadas – rendeu dinheiro, armas, coletes à prova de balas e uma carga de cigarros avaliada em R$ 800 mil na madrugada de segunda-feira.

O ataque foi liderado por dois falsos vigilantes, vestidos com uniformes roubados dos seguranças que fariam a escolta da carga que seria levada de Porto Alegre para distribuição na Serra.

A ofensiva dos criminosos começou por volta das 2h, quando o bando invadiu a filial da empresa de segurança Special Service, em Cachoeirinha, na Região Metropolitana. Seis criminosos renderam dois vigilantes que chegavam para o trabalho.

As vítimas foram sequestradas e colocadas no porta-malas de um Polo. Os ladrões pegaram tudo que os interessavam no local: armamento – espingardas e armas curtas, cuja quantidade não foi revelada –, colete à prova de balas, uniformes e um Prisma preto, usado para escolta.

Vestidos com a farda da empresa, dois bandidos foram com o Prisma até o depósito da Souza Cruz, no bairro Navegantes, na Capital, como se fossem os verdadeiros vigilantes escalados para escoltar um caminhão que levaria cigarros para Caxias do Sul.

Chegaram juntos com o caminhoneiro e foram recebidos por um funcionário da Souza Cruz. Os bandidos demonstravam conhecimento da rotina de horários e dos procedimentos na empresa.

>>>Leia a reportagem completa na Zero Hora desta terça-feira

ZERO HORA

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros