Novo sistema para aterrisagem por instrumento do Salgado Filho começa a operar até a Copa das Confederações - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

01/06/2011 | 09h21

Novo sistema para aterrisagem por instrumento do Salgado Filho começa a operar até a Copa das Confederações

Obras de instalação estão em processo de licitação e devem começar em no máximo 60 dias

Novo sistema para aterrisagem por instrumento do Salgado Filho começa a operar até a Copa das Confederações Ronaldo Bernardi/Zero Hora Online
Quarta-feira amanheceu com neblina em Porto Alegre, incluisive na região do Salgado Filho Foto: Ronaldo Bernardi / Zero Hora Online
O superintendente da Infraero no Rio Grande do Sul, Carlos Alberto da Silva Souza, disse em entrevista na manhã desta quarta-feira ao Gaúcha Atualidade que em no máximo 60 dias iniciarão as obras de instalação do novo sistema de aproximação por instrumentos (ISL) no Aeroporto Salgado Filho.

Segundo Souza, a licitação já está em andamento e o investimento no equipamento deve ser de aproximadamente R$ 11 milhões. Souza explicou que a instalação do equipamento independe do aumento da pista e ele já deverá estar em funcionamento até a Copa das Confederações.

Quanto ao terminal de passageiros 2, o superintendente disse que serão investidos R$ 10 milhões em melhorias no terminal e no pátio, ampliando a capacidade de passageiros de 1,5 milhão para 2 milhões. Também será instalado uma nova esteira de bagagem na área de desembarque e equipamentos de ar-condicionado.

Já o terminal 1 contará com 20 balcões de check-in, possibilitando o atendimento de mais 1,5 milhão de passageiros até dezembro de 2011. O prédio também será ampliado e terá mais oito postos de embarque e aumento do pátio para estadia de aeronaves.

Sobre a falta de vagas para estacionamento, Souza afirmou que novas quatro mil vagas serão criadas. Ainda este ano deve ser aberto processo de licitação. 

As obras de ampliação da pista estão prevista para setembro de 2011, após a desapropriação de casas na Vila Floresta. 

Também em entrevista ao Gaúcha Atualidade, o prefeito de Porto Alegre José Fortunati disse que na reunião de ontem entre a presidente Dilma, ministros e governadores e prefeitos de cidades-sede da Copa, as obras para o Mundial foram divididas em duas listas: as imprescindíveis para Copa, como hotéis, estádios e aeroportos, e as que serão um grande legado, como mobilidade urbana e segurança pública. 

De acordo com Fortunati, as obras no Rio Grande do Sul estão dentro do cronograma se comparadas às outras cidades-sede. Ele contou que, depois da reunião, falou rapidamente com a presidente Dilma sobre o Salgado Filho.

Na reunião, obras de mobilidade, como metrô de Porto Alegre não entraram em discussão. Apenas ficou claro que as obras que não forem licitadas até dezembro de 2011 não entrarão no PAC da Copa, mas poderão ser contempladas no PAC Mobilidade, que têm uma dinâmica não tão célere, de acordo com Fortunati.

RÁDIO GAÚCHA

Notícias Relacionadas

31/05/2011 | 18h38

Governo federal anuncia concessões dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília

Anúncio ocorreu durante a reunião convocada pela presidenta Dilma Rousseff

27/05/2011 | 13h19

Novo terminal em Guarulhos sai até julho, diz ministra

Espaço provisório ampliará capacidade do aeroporto em mais um milhão de passageiros

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros