Imperadores do Samba homenageia Paulo Paim - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

16/02/2012 | 08h08

Imperadores do Samba homenageia Paulo Paim

Última escola a pisar na Passarela Carlos Alberto Barcellos Roxo, na madrugada de domingo, a Imperadores do Samba homenageará o senador Paulo Paim

Imperadores do Samba homenageia Paulo Paim Andréa Graiz/Agencia RBS
Rodrigo diz que só faltam detalhes no barracão Foto: Andréa Graiz / Agencia RBS

A expectativa da Imperadores do Samba para o Carnaval deste ano é grande. Última escola a cruzar a avenida, encerrando a festa no sábado, a agremiação presta uma homenagem ao senador Paulo Paim, trazendo a sua história de vida e de homem público para a Passarela do Samba.

Os motivos para sustentar tamanha expectativa não são poucos. A escola deu uma arrancada forte em maio, a partir da decisão do tema e do samba-enredo, e o trabalho no barracão começou ainda em agosto.

– Estamos com o Carnaval pronto, tudo tranquilo. O que falta agora são detalhes – conta o tesoureiro da escola e responsável pelas fantasias, Rodrigo da Silva Costa.

A história do metalúrgico

As cinco alegorias que a Imperadores levará para a Avenida vão percorrer toda a história da vida de Paulo Paim. O abre-alas, que traz o símbolo da escola, representa Caxias do Sul, onde o senador nasceu e viveu. Desse carro, surge um globo mostrando que ele saiu dali para o mundo.

A segunda alegoria é uma metalúrgica, onde tem início a trajetória pública do homenageado. Ela será coreografada, com os bailarinos representando os trabalhadores em atividade.

O terceiro carro significa o Planalto, em Brasília, e o quarto faz referência à passagem do senador pela África do Sul, quando participou de uma comitiva para pedir a libertação de Nelson Mandela. Já a última alegoria encerra o desfile trazendo Paim, em seu momento no samba.

FICHA TÉCNICA

Cores: vermelho e branco

Símbolo: dois leões guardando a coroa imperial

Fundação: 19 de janeiro de 1959

Presidente: Luiz Carlos Amorim Borges

Carnavalesco: Silvio de Oliveira

Diretor de Carnaval: Braulio Pontes

Intérprete: Vinicius Machado

Diretor de bateria: Sandro Brinco

Mestre-sala e porta-bandeira: Tiago e Fernanda

Componentes: 2 mil

Alegorias: 5 carros

Enredo: Imperadores apresenta Paulo Paim - Um leão na luta, que só faz o bem sem olhar a quem

Samba-enredo

Imperadores apresenta Paulo Paim - Um leão na luta, que só faz o bem sem olhar a quem
Autor: Hugo Fiscal

Vem meu amor, a Imperadores chegou
A nossa família te envolve em seu manto
Respeite o leão nessa avenida
Traz Paulo Paim lição de vida

O céu se enfeitou
E o sol nascendo vem pra clarear
É luz que iluminou o seu caminhar
Menino começa a sonhar
Vem lá de Caxias do Sul
Trabalho é sua verdade
Pra mudar toda realidade
Encontrou no aço e no metal
Resistência, é luta sindical
As ideias chegam e vão surgir
É a liderança a lhe seguir

Sua estrela brilhou
Companheira é a sua verdade
O povo quer paz, mais amor e dignidade
O negro sonhou, vibrou e gritou igualdade
Liberdade
O homem é um mundo
De coragem, carinho e paixão
Que roda o mundo, unindo a nossa nação
Exemplo de garra, cidadão brasileiro
É gente da gente, um bravo guerreiro
Aplausos
Ao grande senador
Orgulho do país, hoje sou mais feliz
E ao som da sinfônica vem
Um leão que só faz o bem sem olhar a quem

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros