Confira as dicas para economizar no supermercado - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Você sabe comprar bem?26/06/2012 | 08h29

Confira as dicas para economizar no supermercado

Pesquisar preços, aproveitar ofertas e promoções e trocar o "rancho" por compras semanais são alternativas para quem quer diminuir o gasto no súper

Confira as dicas para economizar no supermercado Lívia Stumpf/Especial
Tânia (E) e Terezinha pesquisam os preços Foto: Lívia Stumpf / Especial

Quem faz supermercado escolhe, além dos produtos, a forma de economizar. Há quem prefira fazer o rancho uma vez no mês, há o consumidor semanal e também aquele que não abre mão de uma comprinha assim que percebe a falta de algo na despensa - sempre em busca de uma promoção.

É preciso pesquisar

Antigamente, a dona de casa Nádia Alves, 52 anos, do Bairro Cristal, costumava fazer compras no súper uma vez por mês. Agora, é semanal. Atenta, ela sabe os produtos que entram em promoção no final de semana e também aqueles que ficam mais baratos em dias úteis.

Ontem, a intenção era comprar apenas sabão em pó, mas Nádia e o marido, o bancário José Alves, 55 anos, acharam outros itens mais em conta. Pesquisar as promoções rende à família uma economia de 20%.

Não é vantagem fazer "rancho"

Para a presidente do Movimento das Donas de Casa e Consumidores do RS, Edy Mussoi, a compra mensal, de encher o carrinho, está em declínio. Para ela, quem vai apenas uma vez ao súper perde a oportunidade de encontrar mais ofertas.

- É importante saber quais são os dias de promoção - destaca Edy, lembrando que cada rede tem o dia de promoção em cada seção.

Já a enfermeira Tânia Ferreira da Silva, 64 anos, com a mãe, Terezinha Ferreira da Silva, 81 anos, se desloca do Bairro Petrópolis até um hipermercado da Zona Sul por conta da economia e do atendimento. Tânia revela que elas costumam fazer pesquisa de preço, experimentar marcas.

Teste seu comportamento

Para verificar se você está agindo direitinho na hora de comprar, responda às questões, marque S (sim) para as atitudes que você já pratica e N (não) para itens que não fazem parte da sua rotina:

1 - ( ) Antes de sair de casa, faço uma lista do que é necessário comprar?
2 - ( ) Fico atento às promoções, como um meio de economizar?
3 - ( ) Faço pesquisa de preços e compro no local mais barato?
4 - ( ) Sei, ao sair de casa, quanto eu posso, quero e vou gastar?
5 - ( ) Quando vejo uma oferta, mesmo não estando na lista, coloco-a no carrinho?
6 - ( ) Verifico o prazo de validade, evito comprar o que está prestes a vencer?
7 - ( ) Vou ao supermercado com fome?
8 - ( ) Já precisei parcelar as compras no supermercado?
9 - ( ) Percebo que a cada rancho a conta fica maior?
10 - ( ) Deixo produtos perderem a validade na despensa antes de consumi-los?
11 - ( ) Sei colocar limites nos desejos dos filhos que vão junto ao mercado?
12 - ( ) Costumo comprar por impulso?
13 - ( ) Devolvo um produto porque ele está muito caro?
14 - ( ) Faço compras para o mês inteiro, estocando alimentos e outros produtos?
15 - ( ) Prefiro frutas, verduras e produtos da estação ou produzidos aqui em vez dos importados?

Confira as respostas

Se você acertou pelo menos oito respostas, parabéns, é porque está no caminho certo da economia. Se errou mais do que sete questões, preste atenção aos erros e procure reavaliar os seus hábitos.

1 - Sim

2 - Sim

3 - Sim

4 - Sim

5 - Não

6 - Sim

7 - Não

8 - Não

9 - Não

10 - Não

11 - Sim

12 - Não

13 - Sim

14 - Não

15 - Sim

Dicas

- Quem não tem controle sobre os gastos com cartão de crédito deve pagar tanto alimentação quanto combustível à vista. Desta forma, o consumidor se limita a respeitar a lista de compras e gasta apenas o dinheiro que levou ao súper, sem fazer parcelamento da dívida.

- O ideal, se o consumidor tiver condições financeiras, é fazer as compras por semana ou por quinzena.

- É importante levar em conta o perfil da família na hora de preparar a lista de compras e definir as quantidades de cada produto para evitar o desperdício, principalmente de produtos perecíveis.

- Compre o que precisar e quando estiver precisando e não apenas porque o item está em oferta.

- Confira o prazo de validade, principalmente se o produto estiver em promoção. Avalie se a família terá condições de consumir o produto até o vencimento.

- Na prateleira, o item que estiver mais próximo do chão, geralmente, é o que tem menor preço.

- Evite levar as crianças quando for fazer compras.

- Procure ir ao supermercado com tempo e com disposição para caminhar.

Fontes: Edy Mussoi, presidente do Movimento das Donas de Casa e Consumidores do RS e Everton Lopes, economista e educador financeiro

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros