Shana Müller é a primeira mulher no comando do Galpão Crioulo - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Prenda pioneira26/08/2012 | 14h17

Shana Müller é a primeira mulher no comando do Galpão Crioulo

Nascida em Montenegro, ela passará a dividir a apresentação do programa com Neto Fagundes

Shana Müller é a primeira mulher no comando do Galpão Crioulo Marcelo Oliveira/Agencia RBS
Shana dividirá o comando do Galpão com Neto Fagundes Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS

O mais tradicional programa nativista da tevê gaúcha abre as suas porteiras para uma prenda. Em maio deste ano, depois de três décadas, Nico Fagundes deixou a apresentação do Galpão Crioulo, da RBS TV, palco que dividia com o sobrinho Neto há 12 anos. Agora, Neto ganha a companhia de Shana Müller, 32 anos, no comando do Galpão, consagrado por abrir espaço para novos talentos do nativismo e por manter cativo o lugar de tauras consagrados. Antes da estreia na telinha, marcada para 2 de setembro, o público poderá conferir uma prévia de Shana na gravação do programa, na Expointer, neste domingo, a partir das 17h, com atrações especiais. Retratos da Fama abre o livro da vida da guria nascida em Montenegro para você saber tudo sobre a primeira prenda que estrelará o Galpão. Bem-vinda e boa sorte, Shana Müller!

Prévia acontece neste domingo, na Expointer

A estreia de Shana Müller como apresentadora do Galpão será no programa que vai ao ar no dia 2 de setembro. A gravação, porém, será neste domingo, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, na Expointer.

- O frio na barriga vai pegar! - prevê Shana.

A função é aberta ao público (contando que já se pagou o ingresso para entrar na feira) e rola no Palco Principal de Shows, a partir das 17h, com Luiz Carlos Borges, Mauro Ferreira, César Oliveira & Rogério Melo e Cristiano Quevedo como atrações.

Tem cancha na tevê...

Há cerca de cinco anos, Shana já havia ensaiado algumas participações no Galpão Crioulo e fez até uma matéria para a atração da RBS TV:

- Naquela época, a minha vontade era ser uma espécie de repórter do Galpão. Cheguei a fazer uma entrevista com a Teresa Parodi (cantora argentina).

Formada em Jornalismo pela Puc, ela já trabalhou na Rádio Rural, entre 2001 e 2006, no programa A Hora do Mate. E ainda tem experiência na telinha: apresentou o Galpão do Nativismo, na TVE, de julho de 2011 a julho deste ano.

Tradição, mas com ares de inovação

- Será o mesmo formato, mas, ao mesmo tempo, diferente.

É desta maneira que Shana define a sua entrada no Galpão Crioulo, ao lado de Neto Fagundes. Além da apresentação, ela trabalhará auxiliando a produção do dominical.

Shana ainda terá uma coluna no site www.galpaocrioulo.com.br, que deve entrar no ar em setembro.

- Eu tenho a vivência dos palcos, dos festivais, posso ajudar nesse sentido - explica ela, que anuncia uma novidade na telinha:

- A produção está preparando um figurino especial para que eu use na estreia.

Reconhecimento no meio

Shana é reconhecidamente uma das melhores vozes da nova geração da música gaúcha. Lançou o seu primeiro disco em 2004, mas elege como momento marcante um show que fez em 2001, no projeto Palco do Rio Grande do Sul:

- Reinterpretamos grandes nomes da música gaúcha e novos talentos. Estávamos só eu e o Pirisca (Grecco).

Respeitada por feras como Luiz Carlos Borges e pela argentina Mercedes Sosa (1935-2009), alçou voos nacionais e teve o seu show Brinco de Princesa, do disco de mesmo nome, selecionado pelo programa Petrobras Cultural em 2011. Graças a isso, percorreu o país em uma turnê que contou com diferentes participações especiais, como as de Humberto Gessinger e Renato Borghetti.

Praticamente da família

Shana lembra que tem uma relação especial e antiga com Os Fagundes.

- Minha família e a deles têm essa semelhança, uma ligação forte entre os seus integrantes. Quando disseram que seria uma mulher no Galpão, o Nico disse que o primeiro nome no qual pensou foi o meu. Ter o aval dele é ótimo! - comemora a mulher pioneira no comando da atração.

Quanto à parceria com Neto no programa, ela é só otimismo:

- Certamente, será bem agitado!

A marca da mulher gaúcha

Já Neto é só elogios à nova colega:

- O Galpão ganha muito com a presença da Shana! Ela já é uma ótima comunicadora, marca a presença da mulher gaúcha, assina o Galpão como o tio Nico sempre sonhou: aos gaúchos e gaúchas, de todas as querências!

Fala, patrão!

Depois de 30 anos, Nico Fagundes passa o bastão para uma prenda na apresentação do Galpão. Nos programas em que Shana soltou a voz, como em uma gravação, em 2010, na Usina do Gasômetro, ele, o então apresentador, já ressaltava as qualidades dela:

- É uma grande cantora, uma excelente voz, merece o sucesso que está fazendo.

Agora, mostra-se satisfeito:

- Shana sempre foi muito talentosa e bonita, bem mais do que eu era quando comecei a apresentar o Galpão, em 1982 (risos)! Só nisso, o Galpão já sai ganhando. É a marca da mulher gaúcha no programa! O Galpão ficará mais bonito.

De onde vem essa guria?

Shana nasceu em Montenegro e foi embora da sua terra natal logo depois. A vinda para Porto Alegre aconteceu em 1997, direto de Santa Cruz do Sul, onde morava com a família.

Filha do agropecuarista Renato Müller e da professora aposentada Sandra Müller, é a única guria entre quatro irmãos: Pablo é cineasta e coordenador de produção do programa Os Caras de Pau, da TV Globo, Diego também atua como cineasta e foi assistente de direção de O Tempo e o Vento, filmado recentemente no Interior, enquanto Robledo é engenheiro civil.

- Brincamos com o Robledo que ele trabalha para construir o nosso futuro - diverte-se Shana.

O coração já tem dono

Shana namora há cinco anos o acordeonista e produtor musical Paulinho Cardoso, que toca na sua banda e no Buenas.

- Nos conhecemos na casa que os guris do Buenas alugaram quando vieram morar em Porto Alegre. Ele começou a tocar na minha banda um pouco antes de a gente namorar - conta a morena, que divide o mesmo teto com o músico, no Menino Deus, e é só elogios ao amado.

- O Paulinho tem uma importância fundamental na minha vida - diz ela.

Em formato de quarteto

Outra vertente de Shana é o grupo Buenas e M'Espalho, criado por ela, por Cristiano Quevedo, por Angelo Franco e por Érlon Péricles, em 2007. Surgiu de uma reunião de amigos que faziam um som em churrascos e em festivais.

Depois do sucesso do primeiro CD, lançado em 2008, veio o Prêmio Açorianos de Música, e o quarteto até já lançou outro disco, #Buenas 2, em novembro de 2011. Tudo, sem abrir mão das suas carreiras fora do grupo.

- O projeto acabou reforçando o nosso trabalho individual. Estamos sempre apoiando um o outro, somos muito amigos! - afirma a cantora.

Shows

Mesmo com a nova função na RBS TV, a agenda de shows segue normalmente, tanto na carreira solo quanto no Buenas e M'Espalho.

- No dia 27 de setembro, estreio o projeto Cantoras de 3 Nações, em Corrientes, na Argentina, com Gicela Mendez Ribeiro, da Argentina, e com Myrian Beatriz, do Paraguai. Cada uma canta músicas do seu país - adianta Shana.

Também sai em setembro o quarto disco solo, Shana Müller ao Vivo, com 16 faixas:

- Será um espelho da turnê Brinco de Princesa, com músicas do disco de mesmo nome, e de outros CDs, além de contar com o Luiz Carlos Borges!

Aprovadíssima!

- Shana é extremante respeitada por ser jornalista. Conhece intimamente a cultura gaúcha e é muito admirada no meio. O Galpão sempre teve a marca forte do Nico e só tem a ganhar em qualidade. A sua entrada merece os aplausos de todos.
Elton Saldanha

- É uma iniciativa maravilhosa! Desejo todo o sucesso para a Shana. Ela tem experiência no meio tradicionalista, e a figura feminina é muito importante para o meio folclórico, porque fortalece e renova.
César Oliveira

Imagem e exemplo a serviço

A exposição na telinha fez Shana aumentar os cuidados com a saúde e com a beleza:

- Sou muito vaidosa, quem trabalha com a imagem tem que se cuidar. Também acho que precisa ter postura. De certa forma, somos exemplos, principalmente para as crianças.

Por isso, Shana tem encarado uma dieta para perder 9kg, está malhando todo dia com um personal trainer e cortou gorduras e doces da alimentação.

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros