Versão mobile

Semana Farroupilha20/09/2013 | 09h06Atualizada em 20/09/2013 | 14h49

Mesmo sob chuva, desfile de 20 de setembro encanta plateia fiel

Público na arquibancada diminuiu, mas cavalarianos não perdem empolgação

Enviar para um amigo
Mesmo sob chuva, desfile de 20 de setembro encanta plateia fiel Ricardo Duarte/Agencia RBS
Desfile tradicional foi aberto pela banda da Brigada Militar Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

A chuva que caiu a partir do meio da manhã não foi suficiente para desanimar os cavalarianos que cruzavam a Avenida Beira-Rio para mais um tradicional desfile de 20 de setembro. As demonstrações de orgulho pelas tradições e a performance na pista deram uma amostra de que a motivação dos gaúchos para os festejos farroupilhas não termina.

Membros do Piquete da Cavalhada, CTG Sentinela dos Pampas e Piquete Chimango, por exemplo, esbanjaram animação pelos seus gritos durante a passagem na Avenida. Outros destaques foram os Cavaleiros da Paz na abertura do desfile, um carro para homenagear o Presidente Getúlio Vargas, e o Piquete Lanceiros Negros, que trouxe a representação da lenda do Negrinho do Pastoreio como forma de resgate da cultura negra.

A participação das mulheres foi outro ponto alto da cerimônia. Quando passaram pelo palanque oficial, as prendas do Piquete Marca e Tradição cantavam "Com a cuia e o chimarrão, cultivamos a tradição".

Próximo ao desfecho, por volta das 11h30min, um gaúcho teve que interromper o desfile de charrete com burro para arrumar os arreios, e acabou abandonando a Avenida sem concluir o percurso. O tradicionalista teve a compreensão e apoio dos narradores Liliana Cardoso e Elomir Malta.

O desfile foi encerrado pontualmente ao meio dia com a presença da equipe de trabalho de pista e organizadores, que vieram a pé para saudar o público de forma diferenciada.


Veja como foi o desfile tradicional


clicRBS
Nova busca - outros