"Em princípio, sou contra", diz José Fortunati sobre cercamento da Redenção - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

A respeito da polêmica11/10/2013 | 23h53

"Em princípio, sou contra", diz José Fortunati sobre cercamento da Redenção

O tema voltou à tona com a apresentação de um projeto de lei que convoca a população a opinar

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), se posicionou contra o cercamento do Parque Farroupilha (Redenção). A declaração foi dada nesta sexta-feira, durante um projeto da Rádio Gaúcha que levou oito alunos ao Paço Municipal, para um bate-papo com chefe do executivo. A atividade foi em alusão ao Dia das Crianças.

Fortunati disse acreditar que a segurança necessária para os parques não se resolve com a colocação de cercas físicas. Ele chamou atenção para o cercamento virtual, que consiste na colocação de câmeras de vigilância:

— Essas câmeras são monitoradas no chamado Centro Integrado de Comando, onde nós temos um verdadeiro Big Brother da cidade. Já estamos com mais de 800 câmeras e, desta forma, temos um olhar sobre cada pedacinho do Parque da Redenção.

A polêmica em torno do cercamento da Redenção, que desperta discussões há mais de duas décadas, voltou à tona com a apresentação de um projeto de lei que convoca a população para opinar sobre o tema por meio de um plebiscito nas eleições de 2014. A proposta, que divide especialistas em urbanismo e segurança, é do vereador Nereu D'Avila (PDT).

ZERO HORA

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros