Biblioteca Ambulante funciona em uma Kombi e mensalmente visita as escolas de campo de Blumenau - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Tesouro em quatro rodas22/11/2013 | 05h51Atualizada em 22/11/2013 | 05h51

Biblioteca Ambulante funciona em uma Kombi e mensalmente visita as escolas de campo de Blumenau

O trabalho é um dos nove finalistas do Prêmio RBS de Educação em SC na categoria Projeto Comunitário

Biblioteca Ambulante funciona em uma Kombi e mensalmente visita as escolas de campo de Blumenau  Lucas Amorelli/Agencia RBS
Em uma Kombi, Verena leva livros a alunos de escolas de campo em Blumenau, as quais muitas não têm biblioteca Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Por fora, a Kombi branca adesivada com imagens de crianças parece só mais um carro no trânsito de Blumenau. Mas quando o veículo para e a porta lateral é aberta, vê-se que ele guarda um verdadeiro tesouro. No lugar dos bancos, há estantes cheias de livros prontinhos para serem devorados por leitores.

::PARTICIPE DO JÚRI POPULAR::
www.premiorbsdeeducacao.com.br

Mensalmente, o carro vai até as escolas de campo, afastadas do Centro da cidade, com a voluntária Verena Pellis Kirsten, de 46 anos, e oferece atividades para despertar e estimular o gosto pela leitura nos estudantes. É o Mundo Mágico Sobre Rodas com a Biblioteca Ambulante, serviço de extensão da Biblioteca Pública Doutor Fritz Müller e um dos trabalhos finalistas do Prêmio RBS de Educação, na categoria Projeto Comunitário.



Verena está envolvida com o projeto há 20 anos. Ela conta que são atendidas crianças do pré ao 5º ano, com idades entre cinco e 10 anos. Os alunos podem entrar e escolher qual livro querem ler. Depois, numa atividade em sala de aula, elas contam aos colegas sobre os livros que leram e ouvem a leitura de outra obra. Tudo isso sob o olhar de Verena, que garante que a conversa é bem descontraída e flui normalmente.

— A biblioteca é sempre recebida com festa pelas crianças. Muitas escolas de campo têm bibliotecas pequenas ou nem têm. E como é uma atividade diferente, eles adoram. Existem escolas em que as crianças até gritam quando chegamos.

Ao todo, entre 380 e 400 livros são emprestados aos estudantes mensalmente. O acervo da Biblioteca Ambulante tem cerca de seis mil obras. Verena conta que no começo as crianças pegavam livros finos.

— Agora, elas passaram a ter mais interesse. Escolhem livros mais grossos. Temos um aluno que leu as Crônicas de Nárnia. Levou três meses, mas ele leu — destaca.

Verena orgulha-se do projeto e lembra da infância cada vez que chega às escolas. Quando ela era estudante, leu livros que eram trazidos pela Biblioteca Ambulante até a escola que ela frequentava. E conta que, de tão experientes que os pequenos estão ficando na leitura, já indicam obras para os adultos lerem.

— É uma alegria para mim e para eles — se emociona a voluntária.

::A cada história que leio sinto uma alegria imensa::

"Sempre que vejo os olhos das crianças brilharem quando a Kombi cheia de livros chega em suas escolas, me lembro do meu tempo de criança e da alegria que sentia quando a Biblioteca Ambulante chegava em minha escola, esse era um dos poucos contatos que eu tinha com os livros.

Hoje quando abro a porta da Kombi é como se um mundo novo se abrisse, cada espaço dela é disputado, todos querem um lugar para poder escolher seu livro, é como se cada personagem criasse vida e viesse dividir com elas um pouco de suas alegrias e tristezas. O mundo da imaginação começa a fazer parte do nosso mundo, conversamos, elas me contam um pouco sobre o que leram, outras mais tímidas preferem simplesmente ouvir, a cada história que leio sinto uma alegria imensa, pois é nesse momento que percebo como elas são importantes na minha vida, o quanto me fazem e já me fizeram crescer como pessoa.

Nesses 20 anos de caminhada sinto igual satisfação quando chego ao Ancionato e vejo as senhoras sentadas me aguardando para mais um momento de leitura, de declamações, de troca de ideias, que são divididas mês à mês."

::Modo de fazer::

- Elaborar a agenda anual com as escolas e o motorista

- Escolher o melhor roteiro para as visitas junto às escolas e o ancionato.

- Seleção dos títulos para empréstimo e mediação de leitura.

- Preparo das histórias a serem contadas ou lidas.

- Mensalmente realizam-se visitas as escolas e ao Ancionato, incluindo diálogo com os professores, estreitando a interação entre as escolas e a Biblioteca Ambulante.

- Nas escolas acontece o empréstimo, o diálogo sobre os títulos lidos anteriormente pelas crianças e a leitura de novas histórias.

- No Ancionato realiza-se a leitura de textos, a conversa e a participação das idosas com declamações de poesias.

- No retorno das visitas faz-se o levantamento estatístico do material emprestado para controle do acervo.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros