Cacalo: "Desordem do futebol brasileiro submete Grêmio a um calvário" - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão tricolor13/06/2018 | 07h00Atualizada em 13/06/2018 | 07h00

Cacalo: "Desordem do futebol brasileiro submete Grêmio a um calvário"

Grande número de competições simultâneas torna impossível ao tricolor manter o mesmo nível de atuação e se proteger dos desfalques

Cacalo: "Desordem do futebol brasileiro submete Grêmio a um calvário" Lucas Uebel/Grêmio,Divulgação
Pepê deve ser um dos jogadores chamados a substituir os desfalques do tricolor contra o Sport, hoje Foto: Lucas Uebel / Grêmio,Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Fiquei impressionado quando tomei conhecimento de que, para o jogo contra o Sport Recife, no Nordeste brasileiro, o  Grêmio  terá seu elenco desfalcado de 11 atletas. Disputar simultaneamente as três competições, sem dúvida, é uma forte demonstração de grandeza. No entanto, nem os clubes europeus teriam força suficiente para enfrentar esse absurdo calendário do futebol brasileiro.

Como exigir de um clube, como o Grêmio, que participa das três competições, que mantenha o mesmo nível de atuação?

Leia mais:
Thaciano pode ser novidade no Grêmio contra o Sport
Ramiro treina normalmente e reforça Grêmio no Recife
Sport x Grêmio: tudo o que você precisa saber para acompanhar a partida 

Núcleo

Estamos cumprindo um calvário inaceitável, pela desorganização total do futebol nacional. Os clubes, que são o núcleo do futebol, estão nesta situação, enquanto a gloriosa Seleção tem tempo para tudo e frequenta os melhores hotéis, para descanso e preparação adequados.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros