Magali Moraes: pra se deliciar com a vida - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Coluna da Maga08/11/2018 | 19h05Atualizada em 08/11/2018 | 19h05

Magali Moraes: pra se deliciar com a vida

Colunista escreve às segundas, quartas e sextas-feiras no Diário Gaúcho

Magali Moraes: pra se deliciar com a vida Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Você não acha que é uma arte se deliciar com os momentos simples do cotidiano? Especialmente em tempos bicudos, manter a leveza requer esforço extra. Também ajuda olhar pra vida com uma certa inocência. Do jeito que as crianças fazem, sabe? Elas se encantam facilmente com tudo aquilo que os adultos mal percebem ou valorizam. Qualquer detalhe chama a atenção. É como se fosse sempre a primeira vez. Por que a gente cresce e perde esse dom?

Pra se deliciar com a vida, precisa de tão pouco. Sorrir é de graça. Ser gentil contagia. Otimismo nunca é demais. Imagina sentir um gostinho diferente nas banalidades do dia a dia. Mas hoje não é um dia qualquer. É sexta, quando tudo ganha outro sabor. Por isso, eu desejo que o seu final de semana seja tão maravilhoso quanto o pudim de leite condensado da mãe da Lucia. E que, mesmo tendo vontade de devorar o sábado e o domingo em poucas colheradas, você consiga saborear cada minuto.

Leia mais colunas da Maga

Descrever

Será que eu encontro os adjetivos certos pra descrever a explosão de sabor do pudim de leite condensado da mãe da Lucia? Sério, gente. Daqueles que derrubam qualquer dieta. Ele desmancha na boca. A língua sente a textura do leite condensado misturado aos ovos. A calda douradinha, de lamber o prato. Uma iguaria que ganhou fama no meu grupo de amigos (e agora vai ficar oficialmente famosa). Mãe da Lucia, a senhora arrasa no pudim!! O que tem de receita sem gosto por aí. A sua merece os parabéns! 

Tô pensando aqui. Pra se deliciar com a vida, quem disse que precisa ser final de semana? Pode ser daqui a pouco. Ontem. Numa segunda-feira básica. Quarta ao anoitecer. Calendário é o que menos importa. É totalmente estado de espírito. Estar disposto a apreciar a simplicidade. Degustar o momento, e não apenas engolir as horas. Que o seu dia seja tão gostoso que você queira repetir! Esqueci de comentar que o pudim da mãe da Lucia é doce na medida certa. Como a vida deveria ser.      


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros